Camarões ao catupiry do Cozinha a Dois

Este post começa numa andança pelo centro florianopolitano quando dentro Mercado Público entre um alô pro Chico da Peixaria e uma corneteada no Janir do Spinoza Bar (ou bar do Alvim) encontrei um quilo de “camarões Laguna”. Camarão viçoso, saboroso, um verdadeiro terroir cheio de histórias e bocas salivantes. Ostenta o nome da cidade que foi berço de uma mulher chamada Anita, e que nos idos da República Juliana, fundada lá mesmo na cidadela catarinense, conheceu Giuseppe, um revolucionário que eternizou não só o nome Anita Garibaldi, mas que foi co-autor de uma das mais belas histórias românticas forjada no meio de uma guerra entre zunidos de bala que até hoje faz suspirar os corações dos apaixonados.

Cozinha a Dois, blog de Soninha e Gastão
Cozinha a Dois, blog de Soninha e Gastão

E com isso tenho o gancho que preciso pra falar de outro casal, apaixonado um pelo outro e também pela cozinha. Soninha é fotógrafa e segundo os amigos é calma e comedida. É a sommerlier da casa, diz o marido, e uma doceira de mão cheia. Já o Gastão é jornalista e professor, gourmand e gourmet, diz a Soninha, e complementa que lida com as idéias como lida com as panelas, por ofício e gosto.

O Cozinha a Dois, de Gastão Cassel e Soninha Vill, é um dos meus blogs preferidos. Não só pela facilidade que eles têm com as palavras que lhes vão brotando como água de manancial (sempre quis referenciar o Martin Fierro numa postagem, check!), mas pela junção da prática na cozinha, do texto e da fotografia. O resultado é um blog cheio de boas histórias, receitas visualmente deliciosas que conseguem mexer tanto com nossa imaginação que chegam ao objetivo de todo blogueiro de gastronomia: estimular olfato e paladar através de uma pataca de bits.

Camarão ao Catupiry
Camarão ao Catupiry

E é deles a inspiração da receita que intitula o post, os camarões com requeijão catupiry estavam nos meus planos desde que eles postaram recentemente no blog. E doravante eu reproduzo como fiz e como ficou, mesmo tendo a nítida certeza de que eu não cheguei nem aos pés dos companheiros de blogagem.

Ingredientes

  • 1kg de camarão médio descascado
  • 1 cebola
  • 1/2 lata de tomates pelados
  • 1 pimentão vermelho
  • 1 pimentão verde
  • 2 dentes de alho
  • 400g de requeijão cremoso
  • Manjericão, alecrim, salsa a gosto

Como fazer

Dependendo do camarão que você for utilizar, e isso vai demandar algum conhecimento do produto que está comprando, recomendo você selar antes. Numa frigideira quente com um pouco de azeite você dá uma leve fritada nos camarões sem tempero, dos dois lados, até ficarem um pouco vermelhos. Reserve.

Numa frigideira grande ou numa panela refogue a cebola bem picada, depois os pimentões e acrescente os dois dentes de alho amassados. Acrescente os camarões na frigideira. Diz o Gastão que é neste ponto que você pode flambá-los. Eu usei um pouco de cachaça amarela pra tal (por isso usei frigideira, mais prático para flambar).

Hora de flambar o camarão
Hora de flambar o camarão

Camarões já flambados, acrescente o tomate pelado triturado, já quase no ponto de molho. Não vai dar tempo de o tomate normal picado cozinhar sob pena de o camarão passar do ponto, então use o pelado e seja feliz. Cozinhe por no máximo três minutos e acerte no sal, tempere com pimenta e coloque as ervas aromáticas.

PS: caso o molho fique muito ralo, você pode engrossar usando a velha tática da farinha de trigo diluída num copo d’água (pra não empelotar) para dar uma engrossada.

Camarões refogados e com molho de tomates pelados
Camarões refogados e com molho de tomates pelados

Num refratário, você “forra” o fundo com um dos potes de requeijão. Por cima desta base você coloca os camarões com o molho que acabou de fazer e cobre com os outros 200g do catupiry. Eu também usei batata-palha, sugestão do próprio Gastão, e parmesão ralada por cima pra ganhar crocância e um pouco de sabor salgado (já que evito ao máximo usar sal nas minhas receitas).

Leve ao forno para gratinar e está feito o carreto! Servi com arroz branco, fiel escudeiro dos pratos com camarão.

Camarões ao catupiry e arroz branco
Camarões ao catupiry e arroz branco

Caso ainda não tenha ficado claro nos primeiros parágrafos, nobre leitor, este post é dedicado ao casal Soninha e Gastão cujo trabalho sou fã e muito admiro. Recomendo fortemente que vocês os visitem e assinem suas postagens através dos feeds rss.

Uma ideia sobre “Camarões ao catupiry do Cozinha a Dois”

  1. Becher, ficamos honrados com a citação. Também somos fãs do Comideria. Adoramos pensar que inspiramos as pessoas com imagens e histórias, especialmente se elas tiverem a cozinha como cenário.
    Eita que esses camarões devem ter ficado muito bons, hein? Abração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *