Cervejaria Badenia: comida e cerveja alemã em Santo Amaro

Muita gente me pergunta como se pronuncia meu nome. Eu assino e falo Becher, assim como se escreve. Meu pai, uma geração mais próxima de entender o que realmente ocorre com meu nome, fica doido quando me vê falando assim, e bate o pé que pronuncia-se Becker e ponto final. Pouco sabemos da história desse nome, mas é sabido que em nossas veias corre um resquício de sangue alemão. A gastronomia desse lado da família foi italiana, herança da minha avó, cozinheira daquele lado. A dona Ubaldina fazia uma galinha com polenta como ninguém, e sabia muito bem agradar o velho Luiz e sua prole.

cervejaria-badenia-entrada

Talvez por isso, como numa tentativa de resgate às origens, sinto tanta falta de comida alemã fora do Vale do Itajaí. Abundam-se em sushis e frutos do mar os restaurantes da capital dos catarinenses e pouco varia a gastronomia oferecida. Saindo da capital pela BR 282, o Corredor do Mercosul, logo em Santo Amaro já conseguimos comer algo germânico. Conheci recentemente a Cervejaria Badenia, uma cervejaria, como diz o nome, que alia a sua bebida com pratos oferecidos diariamente num lindo casarão à moda antiga.

cervejaria-badenia-cervejas

Chegando lá já quis experimentar as pratas da casa. E no lindo deck que dá para o campo aberto e com vista para os morros da região degustei uma poderosa cerveja Badische Weiss, fabricação própria, leve e refrescante. Outra, mais encorpada, a Munique Dunkel, chope escuro que também tive a oportunidade de experimentar e aprovar com aplausos.

cervejaria-badenia-salsichas

Para acompanhar as cervejas pedi uma Weisswurst (salsicha branca cozida) com mostarda doce e Laugenstange (um pão salgado típico da região do sul da Alemanha, segundo o cardápio). A salsicha bem saboroso combinou bem com o molho de mostarda doce, que aliás a primeira vez que experimentei, e aprovei. Já dava até pra dar por encerrado o almoço. Mas o post precisava ficar completo e fomos ao prato principal.

cervejaria-badenia-porta

Já na porta da cervejaria você sabe qual o prato do dia. Mas caso não se anime com ele, principalmente se estiver pensando comer coisas típicas alemãs e se deparar com um prato de truta, como foi o caso, tem um cardápio bem variado (sem ser cheio de frescuras e muito extenso) para atender ao seu gosto.

cervejaria-badenia-chucrute

Eu não escolhi o do dia, mas escolhi o da semana: Chucrute com batatas cozidas, linguiça defumada e carré suíno defumado (Kasseler). Tirando o chucrute, que não gostei muito (repolho e vinagre não são lá o melhor sabor do mundo), o prato estava dentro dos conformes. Mas não me emocionou, não me fez salivar. Talvez não seja imperícia da cozinha, eu só não gostei. Não era o meu preferido.

cervejaria-badenia-suino-milanesa-spatzle

Tive a oportunidade de experimentar o Peniertes Schnitzel (bife de lombo suíno à milanesa com massa caseira) e gostei muito mais. A massa caseira, ou spãtzle, já é uma das minhas favoritas desde quando a conheci no Alemão Batata, em Blumenau. O bife de lombo suíno é muito bom, por mais simples que seja, até porque não é algo que encontremos com facilidade por aqui. O Guilherme Schwinn, entusiasta da carne suína em seus projetos, que o diga.

cervejaria-badenia-cardapio

Caso você não queira almoçar ou jantar, a Badenia oferece um cardápio de petiscos para aproveitar o happy hour com os amigos enquanto experimenta as cervejas da casa.

Outra grande vantagem da Badenia é que, além de ter um excelente atendimento que não pecou em momento algum do serviço prestado, tem um custo bastante interessante. Cada prato custou cerca de R$20, ou seja, com R$60 comemos muito bem, contando com a entrada. As cervejas variam entre R$5 e R$7,50.

Fica a indicação pra vocês visitaram a Badenia, em Santo Amaro da Imperatriz.

Cervejaria Badenia

  • Endereço: Rua Leopoldo Broering, 3479. Santo Amaro da Imperatriz, SC.
  • Telefone: (48) 3245-8853
  • Aceita cartões: sim
  • Estacionamento: sim

7 ideias sobre “Cervejaria Badenia: comida e cerveja alemã em Santo Amaro”

  1. Olá! Gostei muito do blog, parabéns! Como sugestão, seria legal colocar o horário de atendimento dos locais, pois na maioria deles, quando possuem um site, não colocam essa informação. Abç!

    1. Oi Georgina, muito obrigado, espero que continue sempre acompanhando a gente! Quando é possível colocamos sim o horário, mas nem sempre lembramos ou conseguimos pedir essas informações na hora. De qualquer forma o telefone sempre está ali, basta pegar o aparelho, discar e voilá! 😀 Abraço!

  2. Obrigado pela indicação. Becher! Já deves conhecer, mas em todo deixo aqui a sugestão de um excelente pub alemão, em São Pedro de Alcântara (Die kleine Kneipe Weisskopf).

  3. Daniel,

    so uma pequena informação: chucrute não esta feito com vinagre. O repolho fermente somente com sal depois da fermentacão voce cozinhe com um BOM vinho branco e alguns temperos.
    Mas nunca com vinagre – se e chucrute tava preparado como voce escreveu e logico que voce não gostou.

    Um Abraço

    Guenther

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *