Foodies: compartilhando fotos de comida na Internet

Eu tiro fotos de comida desde que não precisei mais levar um rolo de filme à uma loja e aguardar o dia seguinte para ver o resultado da obra de arte. Quando tem que racionar recursos você pensa bem se realmente vai fazer aquilo. Com as câmeras digitais, na pior das hipóteses você gastou um pentelhésimo de bateria. Não ficou boa ou não achou que faria sentido guardar depois é só excluir e a vida segue.

Tirando fotos de comida
Tirando fotos de comida

Talvez por estar no meio e meu google Reader estar abarrotado de blogs que fazem comida ou visitam restaurantes em busca de experiências gastronômicas tenha notado isso com mais facilidade, mas uma crescente de gente tirando foto das suas próprias refeições e publicando na Internet é bem notável. Na sequência Foto digital > Smartphone > Redes sociais como o Instagram, cada um tem sua parte aceleradora neste processo.

Nós temos um nome: somos Foodies. Esse termo foi criado em 1981, antes mesmo de eu nascer, por Paul Levy e Ann Barr, escritores do livro The Official Foodie Handbook. A definição vem da Wikipedia e eu não quero tirar nem por, então transcrevo:

Foodies formam um grupo distinto de hobbistas. O foodie típico se interessa por atividades que incluem indústria de alimentos, cultura do vinho, Enologia, criação de cervejas,ciência dos alimentos, seguir inaugurações, fechamentos e ocasionais re-inaugurações de restaurantes, tendências culinárias, saúde, nutrição, aulas de culinária, turismo culinário e administração de restaurantes. Um foodie deve desenvolver interesse em um ou alguns itens em particular, como o melhor sorvete, ou o mais delicioso burrito.
Muitas publicações apresentam uma seção de alimentos, que atraem os foodies.

E assim como toda onda que se levanta precisa de um grupo de haters para fazer crescer, tal qual fermento em água, açúcar e farinha, os foodies também têm os seus. Já ouvi algumas boas piadas e até algum tipo de ataque. “Alá o gordo comendo de novo”. As vezes penso em pedir desculpas à sociedade por fazer no mínimo três refeições ao dia. Como se nós comêssemos mais só porque fotografamos e queremos gerar nosso conteúdo, não é? Ok, a gente faz, mas eles não precisam saber disso.

Há quem faça graça com isso, e existem boas tiradas de sarro da nossa cara. Uma delas é do banco Bradesco, que fez uma série de dicas de etiqueta no Facebook para lançar a interatividade do homebanking com a rede social e um dos episódios trata sobre as fotos de comida na Internet. Marcelo Adnet, Gloria Kalil e Tati Bernardi falando sobre as fotos, os pratos e o jeito como as pessoas compartilham os pratos, e o famoso e imaginário Schetolotini de Pupunha.

httpv://www.youtube.com/watch?v=sUjB5n9-lPs

Outra brincadeira que me fez ir às lágimas de tanto rir foi um episódio da série The Simpsons, exibida aqui no Brasil pela Fox há alguns anos, cujo quinto episódio da vigésima terceira temporada traz seus personagens Marge, Lisa e Bart Simpson como blogueiros de comida. Não consigo colocar aqui o vídeo por questões de copyright da produtora mas não é difícil achar após uma googleada.

The Simpsons S23E05, The Wife Foodie
The Simpsons S23E05, The Wife Foodie

A série, que é conhecida por não ser nem um pouco politicamente correta ainda sacaneia foodies famosos como Anthony Bourdain, que apresenta o programa Sem Reservas, no TLC, e também com Gordon Hamsey, que entre outras séries traz na bagagem o reallity famoso chamado Hells Kitchen.

Essa foi compartilhada pelo meu amigo Frank Maia, O Paparazi de Comida. Ou como ele prefere: O Papá-razzi de Comida. Tem assinatura do cartunista Allan Sieber.

Charge de Allan Sieber
Charge de Allan Sieber: O Paparazzi de Comida

Porque se a gente for parar pra pensar realmente é uma situação meio estranha. Várias vezes você recebe a comida na mesa, principalmente quando está num restaurante e enquanto todos se preparam para degustar o prato, você começa a tirar N fotos. Não contente, repassa pra ver se algumas prestaram e escolhi ali mesmo uma para postar nas redes sociais. As vezes isso acontece enquanto come, não dá pra esperar nem chegar em casa.

Mas dá ou não dá uma ponta de orgulho quando você compartilha uma foto, principalmente se a comida foi feita por você, e lê comentários do tipo “parece gostoso” ou simplesmente um “babei”?

Você já fotografou sua comida hoje?

2 ideias sobre “Foodies: compartilhando fotos de comida na Internet”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *