Fotos de comida nas redes sociais

Eu sou um pavão. Meu primeiro badge no Foursquare certamente foi o “Overshare”. Eu compartilho mais da minha vida do que deveria, segundo a patrulha internetesca. Eu compartilho desde meus dramas com a operadora de telefonia até os trejeitos engraçados do meu cachorro Blogue. E o nome do meu cachorro já diz muita coisa sobre mim.

Mas o que mais compartilho é comida. Muito provavelmente meus seguidores conseguem acompanhar meu peso sabendo o que eu como diariamente (levando-se em consideração que sou sedentário e meu gasto energético fora do normal pra se manter um corpanzil destes funcionando é zero). Meus churrascos, receitas, visitas a restaurantes, o cafezinho no posto de gasolina altas horas da manhã etc.

E o Marcelo Adnet conseguiu captar bem essa alma do cara que compartilha comida. Parece que na era do 2.0 saborear um prato mais requintado perdeu a graça se não tiver um smartphone ou a luz do ambiente não favorecer a foto. Você já leva em consideração o resultado de uma foto no Instagram na escolha do pedido em um restaurante. Em uma série de vídeos para divulgar o fato de ser o primeiro banco no Facebook, Marcelo Adnet, Tati Bernardi e Glória Kalil dão dicas de etiqueta na rede social e um dos vídeos fala exatamente sobre isso, as fotos de comida. Veja:

httpv://www.youtube.com/watch?v=8RpAzTy1_O0
E lembre-se sempre: tu te tornas eternamente odiado pela comida que compartilhas.

 

Uma ideia sobre “Fotos de comida nas redes sociais”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *