Galpão Tropeiro: a pura cepa da culinária serrana

Teófilo Schutz era Patrão de Tropa, suas tropeadas traziam o gado de Lages até Taquaras (distrito de Rancho Queimado) onde os comerciantes de Florianópolis iam comprá-los e levá-los até a capital catarinense para abastecê-la de carne. Marcelo Schutz, neto deste grande taura da cultura serrana, decidiu resgatar e armazenar num restaurante a gastronomia da região junto com as memórias da família. Sabendo deste espaço desde o ano passado, resolvi aproveitar o domingo ensolarado para um passeio em Rancho Queimado/SC e conhecer este lugar.

Restaurante Galpão Tropeiro
Restaurante Galpão Tropeiro

Chegando no Restaurante Galpão Tropeiro, aberto em 2000, você já se depara com um fogo de chão e alguns bancos de madeira pra dar uma aquecida do friozinho que paira na serra e tomar aquele chimarrão cevado pelo proprietário. Além disso, o restaurante conta com um espaço literário que prestigia autores da região, uma coleção de latas de cerveja e canecas de chop que deve beirar as mil unidades, exposição de fotos da região, quadros da temática do tropeiro, peças antigas do homem campeiro como alambiques, engenhos e selaria.

Roda de Fogo de Chão
Roda de Fogo de Chão – foto: Luiza Freitas
Ambiente
Ambiente – foto: Luiza Freitas

O buffet de pratos típicos é montado no próprio fogão à lenha onde são feitas as iguarias campeiras, em panelas de barro. Pratos como Quibebe, Feijão Tropeiro, Matambre Recheado, Arroz de Carreteiro, Farofa de Pinhão, Língua, Aipim, Galinha Caipira, Quirera são muito bem preparados pela família do Marcelo e impressionam com o sabor. Tem também um buffet de saladas com algum toque germânico e, não fosse suficiente, num disco de arado é servidor um excelente Entreveiro, o carro-chefe da culinária serrana, prato a base de pinhão e carnes suínas e bovinas.

Entreveiro
Entreveiro
Buffet com os pratos típicos no fogão à lenha
Buffet com os pratos típicos no fogão à lenha
Buffet de saladas
Buffet de saladas

Faltam-me adjetivos e os verbos já me parecem insuficientes para descrever o quanto fui bem tratado, atendido e acolhido por este lugar. De fundo, o violão gaúcho do mestre da guitarra criolla e meu amigo Marcello Caminha fazia acompanhamento. Pra minha surpresa até a música ambiente estava do meu agrado.

A geléia de morango é uma delícia
A geléia de morango é uma delícia

Dentro do Galpão Tropeiro ainda existe um pequeno “bolicho” onde você pode levar produtos típicos da região como cucas, geléias e licores (os melhores são de morango, Rancho Queimado é conhecida pela festa do Morango), pães, roscas…

Visual da frente do restaurante
Visual da frente do restaurante

A paisagem bucólica e o vento matreiro que assobiava naquela coxilha, aliando o ambiente acolhedor e a comida apetitosa, me fizeram ter um domingo muito, mas muito agradável. De longe, sem sombra de dúvidas, valeu os 160km dirigindo ida e volta pra conhecer um pouco da história do nosso povo e comer a melhor comida que eu já provei na vida.

Obrigado ao Marcelo e sua família pela recepção, com certeza voltarei mais vezes!

Dados do Restaurante Galpão Tropeiro:
Rua Romanos Goedert, 99. Taquaras – Rancho Queimado/SC.
Telefone: (48) 3275-1163
Site: www.galpaotropeiro.com – Foursquare

Para mais fotos do lugar, visite nossa fanpage no Facebook!

2 ideias sobre “Galpão Tropeiro: a pura cepa da culinária serrana”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *