Kanto Sushi Bistrô, o sushizinho nosso de cada dia

Como disse várias vezes por aqui, blogueiro de comida dificlmente mantém-se fiel a um restaurante por muito tempo. Isso porque estamos em constantes andanças em busca de novos sabores, melhores lugares e, por que não, preços mais atraentes pra compartilhar por aqui.

Não quero martirizar a classe, pelo contrário, se fazemos isso é porque gostamos, e temos os blogs porque somos assim e nunca o contrário (ou nem todas as vezes), mas as vezes você só quer sentar no seu restaurante preferido de determinada culinária e apreciar o que já conhece e confia.

kanto-entrada

Com sushi eu sou assim. Já manifestei aqui minhas preferências e não as escondo, afinal este blog mostra justamente as minhas preferências — não haveria sentido de não sê-lo. Mas é bom passar por aqui e ali e descobrir novos jeitos de se comer determinado prato. E nessas trocas descobri o Kanto Sushi Bistrô, do ladinho do Santa Marta, recém comentado aqui.

O ambiente
O ambiente

É um restaurante pequeno, assim como sua vizinhança, mas muito aconchegante. Cheguei num dia de chuva braba, dessas de toldar o chapéu do vivente e encharcar as baetas, então não pudemos usar a área externa, curtindo a aragem digna de início de outono. Ficamos lá dentro mesmo, nas simples mesas da Coca-Cola, porém muito bem recepcionados e atendidos.

Aliás, o atendimento é nota 10. Do início ao fim bastante preciso e gentil, o que conta muitos pontos em qualquer lugar que sirva comida.

O cardápio me chamou bastante a atenção. Em contraponto ao tamanho da casa, gigante nas opções. Ele começa com entradas típicas japonesas, como o sunomono e os cogumelos, sopa de missô; cruza os já tradicionais sushis e seus combinados; tem opção de prato quente, como o yakissoba; entra nos sashimis sem perder nas opções; tem um menu vegetariano pra quem opta por tal dieta e, finalmente, chega nos sushis especiais, falarei deles adiante.

Sunomono e Missoshiru
Sunomono e Missoshiru

Tudo começou com as entradas, que são cortesia da casa. Sunomono, que é um pepino marinado em vinagre de arroz e servido frio, e o tradicionalíssimo missoshiru, sopa de soja com tofu.

Bolinho de peixe com molho picante
Bolinho de peixe com molho picante

Não suficiente, também ganhamos, outra cortesia, um bolinho de peixe frito com molho picante.

Combinado de sushis e sashimis, de salmão
Combinado de sushis e sashimis, de salmão

Duvidi com a Rebecca um combinado de sushis e sashimis de salmão (R$26 + 20% porque era só de salmão). Há opções com atum e peixe branco, também, caso prefira. Sushis no estilo mais clássico e muito bem preparados.

Tataki de Atum
Tataki de Atum

A Michele pediu um Tataki de Atum (R$18) que são fatias de peixe cru maçaricadas com molho ponzu e cebolinha, prato este já integrando o menu especial. Experimentei uma fatia e estava realmente delicioso.

Maverick's futo
Maverick’s futo

Deste menu especial, pedi o Maverick’s Futo (R$22,90), que é um sushi com atum, shimeji, cream cheese, gengibre e rúcula por dentro e com cebolinha e gergelim por fora.  Uma delícia, sushi grande e bem servido.

Burning Gunkan
Burning Gunkan

Por fim pedi um Burning Gunkan (R$22), que nada mais é que um Gunkan (bolinho de arroz envolvo com uma fatia de salmão e temperado com cebolinha e cream cheese) flambado e com geléia de pimenta. O prato é apresentado ainda em processo de flambagem, ou seja, com álcool de fundo e os sushis suportados por uma rodela de limão. Você o consome quando achar que ele está no ponto ideal do peixe. Foi o prato que menos gostei, embora tenha sido o mais apresentado. Não sei se pelo fato de querer fazer as fotos eu deixei ele flambar demais, mas acabei sentindo bastante o gosto do álcool no sushi e acabou não sendo tão gostoso quanto o gunkan normal.

No fim das contas foi uma experiência bastante agradável, com comida boa e bem apresentada pelos chefs que são bastante atenciosos. Voltarei lá pra experimentar as outras opções, principalmente do menu especial, que é o menos comum de se encontrar por aqui. Recomendo a visita!

Kanto Sushi Bistrô

  • Endereço: Rua Laurindo Januário da Silveira, 1334. Canto da Lagoa, Florianópolis.
  • Telefone: (48)  3209-8001
  • Horário: de segunda à sábado, das 19h30 às 00h30.
  • Aceita cartões: sim

3 ideias sobre “Kanto Sushi Bistrô, o sushizinho nosso de cada dia”

  1. Sou meio suspeito pra falar pq o restaurante é do meu primo mas recomendo gente. Quem gosta do que faz e o faz com carinho, dificilmente dá errado. E o preço é bem atraente tamanho o requinte dos pratos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *