Kiriwoto: o Estreito agora tem um sushi para chamar de seu

Eu nasci no Estreito. Ok, o florianopolitano tem a mania de dizer que se o sujeito não nasceu de parteira então ninguém nasceu no continente, visto que as nossas duas maternidades responsáveis pela geração de 80 e 90 ficam na Ilha. Eu nasci na Carlos Corrêa, por sinal, se você é manezinho sabe que eu sou roots. Dizem também os incautos que o “além-ponte” é o próprio Estreito, sendo que um pedacinho de terra perdido no mar é justamente a Ilha de Santa Catarina, ora não tem ligação terrestre com nenhum outro lugar, então quem está no Lado B da cidade?

Hoje moro na Ilha e essa conversa furada bairrista é só uma alfinetada nos meus conterrâneos, que apesar dos defeitos locais é uma cidade muito querida e detentora de um povo muito respeitável, cujo único defeito irrefutável é não saber eleger um prefeito. De resto, somos perfeitos.

Kiriwoto Sushi Steak House
Kiriwoto Sushi Steake House

Mas eu vi nas últimas três décadas o Estreito se desenvolver como um bairro residencial. O assunto que ora abordamos, gastronomia, sempre foi um problema. Apesar de os melhores Xis estarem localizados neste bairro, o glamour maior das boas comidas ficaram sempre na Ilha da moça faceira, da velha rendeira e da velha figueira.

Ambiente simples mas confortável
Ambiente simples mas confortável

Pra vocês terem uma idéia o mundo acaba em pouco mais de 30 dias e só agora o Estreito ganha sua primeira casa especializada em sushi. Até imagino que é possível comer nos diversos buffets de almoço do bairro (visto que a noite o lugar morre, ou morria) o tal bolinho de arroz com peixe cru no meio, mas sushi mesmo, o velho sushi de várzea, sushi moleque que se joga com o pé descalço, veio com o Kiriwoto.

O Kiriwoto é uma casa simples, com mesas simples, iluminação simples, decoração simples… o Kiriwoto é a cara do Estreito. Pacato, embora o grande movimento da última sexta-feira tenha lotado a casa e nos feito esperar por meia hora, como o bairro que viu o Dr. Juca nascer. É honesto como a Riosulense, quando ainda instalada nas proximidades e antes de ter seu terreno vendido para a construção civil era, barato como o xis do Dauri era, sincero como o cachorro quente da Tia da praça Ns. Sra. de Fátima era…

Sushi Joe e sashimi de atum ao molho de ostra e tataki de entrada
Sushi Joe e sashimi de atum ao molho de ostra e tataki de entrada

A comida é gostosa. Fiquei surpreso porque mal nos sentamos e o garçom veio oferecendo umas estradinhas. Muito aguardadas, por sinal, afinal estávamos quase praticando autofagia pela espera da mesa. E aqui já vai a primeira característica marcante da casa: o sushi vem rápido. Ah, ok, eu sei que você vai dizer que se vem muito rápido é porque eles são preparados antes e pode não ser tão fresco… ok, agora desce do mundo de Pollyana e continuamos o review. A comida vem rápido, sim, e o que é pra vir quente vem quente, o que é fresco está fresco etc.

Vem somente o que você pede, sem desperdícios
Vem somente o que você pede, sem desperdícios

Por falar em pedir o sistema da casa é o famoso all you can eat, e você faz os pedidos por comanda. Você tem um bloquinho e uma caneta em sua mesa, e vai pedindo as quantidades que deseja receber. Este sistema evita desperdício pois organiza melhor os pedidos, além de nada ser preparado sem a demanda.

Sushis e sashimis
Sushis e sashimis

Além dos tradicionais sushis e sashimis (peixe branco, polvo, salmão e atum) o Kiriwoto oferece temakis e pratos quentes. No mesmo esquema, a lá vonté.

Temaki skin: cone de nori recheada com arroz e pele de salmão frita com molho tarê
Temaki skin: cone de nori recheada com arroz e pele de salmão frita com molho tarê

O temaki é crocante e bem servido, eu pedi um de skin para experimentar. A concorrência com os outros pratos era desleal e por isso fiquei nesse, mas teria comido outro tranquilamente.

 

Yakimeshi de carne e frango
Yakimeshi de carne e frango

A Luiza e o Varda, os amigos que acompanharam nessa empreitada, comeram um yakimeshi, um preparado de arroz com legumes, carne e frango.

Shitake Mushi: cogumelos e legumes numa folha de alumínio
Shitake Mushi: cogumelos e legumes numa folha de alumínio

Eu fui no Shitake Mushi, que são cogumelos refogados na manteiga e shoyu, servidos com alguns legumes dentro de uma folha de papel alumínio. Muito bom, por sinal.

Camarões empanados, ou ebi furai
Camarões empanados, ou ebi furai

Destaque para outro prato quente da casa, o camarão empanado (ebi furai). Dá pra ficar a noite toda só comento isso harmonizando com uma cervejinha gelada, se o seu objetivo for um happy our com a turma do trabalho.

Sushi doce e frito de morango, goiabada e creamchease
Sushi doce e frito de morango, goiabada e creamchease

Finalizamos as gordices da noite com os sushis doces. Se você for lá, e eu recomendo que vá, peça o de chocolate, mas experimente também o sushi empanado de goiabada, morango e cream cheese. Foi a melhor combinação de sushi doce que já comi aqui na cidade.

O rodízio/festival custa R$49,90 para os homens e R$39,90 para as mulheres.

Ah, um último detalhe: você pode levar no Kiriwoto aquele seu amigo pentelho que não come sushi porque tem nojinho. Lá eles têm versões diferentes do teppan yaki, que é uma posta de salmão grelhado com legumes. Você pode comer este prato com filé mignon, picanha, frango ou anchova.

Bora lá?

Kiriwoto Sushi Steake House

  • Endereço: Rua General Eurico Gaspar Dutra, 908.
  • Telefone: (48) 3207-9307
  • Aceita cartões: sim

25 ideias sobre “Kiriwoto: o Estreito agora tem um sushi para chamar de seu”

  1. “Hoje moro na Ilha e essa conversa furada bairrista é só uma alfinetada nos meus conterrâneos, que apesar dos defeitos locais é uma cidade muito querida e detentora de um povo muito respeitável, cujo único defeito irrefutável é não saber eleger um prefeito. De resto, somos perfeitos.”
    Animal, agora sou tua fã!
    Parabéns pelo blog e pela escrita, muito gostosa!

  2. Esse seu primeiro parágrafo ficou confuso. “o florianopolitano tem a mania de dizer que se o sujeito não nasceu de parteira então ninguém nasceu no continente”

    Se um sujeito não nasceu de parteira então ninguém nasceu no continente? Hein?

    1. Oi Polyanna,
      obrigado! fico contente que tenha gostado.

      Na verdade não falei o nome me referindo a você, pra ser sincero não sabia que a filha do dono do restaurante tinha esse nome. “O mundo de Pollyana” é uma expressão que fala sobre as pessoas acreditarem num mundo perfeito, ou o mundo de Pollyana. Só uma alegoria 🙂

      Abraço!

  3. Olá Daniel, eu moro em Barreiros e é realmente um inferno encontrar um restaurante japonês por perto. Ja fui nesse, realmente muito bom. Mas tenho uma pergunta. Ele fazem pratos para viagem ou só pra comer lá mesmo?

  4. Fui conhecer a casa ontem a noite, e achei muito boa em todos os aspectos.
    O atendimento poderia melhorar um pouquinho, mas pouquinho mesmo.
    Comida muito boa e farta. Voltarei sempre. Parabéns

  5. Só gostaria de compartilhar minha experiência quando fui pela primeira e única vez a esse estabelecimento. Por inúmeras vezes indo para o trabalho sempre passei em frente ao Kiriwoto e em um determinado dia convidei minha noiva parar irmos até lá. Pois bem quando cheguei me deparei com o que me parecia ser uma entrevista do gerente com uma nova funcionário, detalhe, isso bem no salão principal. Até ai tudo bem. Fiz o pedido (o que demorou +- 20 minutos pra ser servido) e quando fui pagar a conta me deparei com o valor total que me foi apresentado R$ 86,18, até ai também tudo bem. Mas minha noiva ficou a pulga atrás da orelha e quando chegamos em casa fomos ver o que tínhamos pedido item a item, pois pra variar o estabelecimento não tinha o papel pra tirar o pedido e eu tinha anotado no meu iphone e pasmo fiquei quando vi que o valor a ser pago deveria ter sido R$ 68,18. Fica o alerta para os frequentadores do Kiriwoto, prestem atenção quando for pagar a conta neste estabelecimento!!!!

    1. Oi Rogerio!

      Essa é uma dica que vale pra qualquer restaurante, na verdade, não só para este. A bem da verdade serve pra qualquer coisa que você compre na vida. Somos todos passíveis de erros, voluntários ou não, e isso pode acontecer desde o boteco do Zé à casa mais chique de alta gastronomia. Como diria Hanlon “nunca atribua à malícia o que pode ser perfeitamente explicado pela estupidez”.

      Ademais, espero que a comida tenha sido boa e tirando este percalço você tinha sido bem atendido lá, como eu fui no dia em que conheci a casa. Abraço!

  6. Fiz uma visita ao Kiriwoto. Excelente qualidade e atendimento. Creio ser um dos melhores – se não o melhor – custo-benefício da Ilha. O rodízio é R$ 54,90 masculino e 44,90 o feminino e inclui sushi, sashimi, camarão empanado (estilo chinês) e temaki.

    Recomendo e já estou com vontade de voltar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *