Madero: bom de hamburger e ponto

Quando falta foco o objetivo fica mais difícil de ser alcançado. É esse o clichê que alimenta muitas bocas de palestrantes de auto-ajuda mas que pra restaurantes nunca foi tão verdade.

Essa não é uma crítica que desqualifica a casa, há que se destacar suas honras e acertos. Mas frente o oba-oba com a chegada do Madero na cidade creio que sejam necessários alguns pingos nos is, isso claro na minha opinião (como se precisasse dizer a um leitor de BLOG que BLOG é opinião, mas vai que alguém dormiu nos anos setenta e só acordou agora em 14 com a larica da brilhantina).

madero-floripa-hamburguer

Madero manda bem no hambúrguer. Ele é bem temperado, a carne escolhida vem sempre no ponto bacana de quem aprecia carne de verdade (desculpa aí, sommerliers de sola da bota, nada pessoal!), o pão deles é incrivelmente saboroso e dá vontade de tornar mais vezes à casa pra apreciá-los. Queijo, bacon, qualquer que seja o o aliado da carne na guerra do colesterol alto, comer hambúrguer no Madero é quase sempre, como dizem na Serra, “uma enxadada e uma minhoca”. Sempre um acerto em cheio.

Mas, e sempre tem um mas, confesso que os pratos me decepcionaram bastante.

madero-floripa-palmito-pupunha-assado

A começar pelo palmito assado. Um grande e generoso tolete de pupunha assado e temperado com algo cujo sabor mais próximo era manteiga. Mas um sabor bem efêmero, quase que inexistente. E embora informações do restaurante de que ele é temperado com manteiga caseira e flor-de-sal de uma marca famosa, o que comi não foi bem isso. Ele é bonito, bem apresentado, mas falta sabor. O palmito por si só não tem muito sabor. Se temos a flor-de-sal na receita original já significa que, no mínimo, precisa-se acentuar seu sabor. E, tendo ou não, faltou. Palmito pupunha precisa de ervas, precisa de aromas, precisa agregar sabor.

Além do mais, não é barato. Quase R$30 por esta iguaria.

madero-floripa-cardapio

Carnes. Vamos às carnes. Eu pedi picanha. No ponto. Veio no ponto, mas é difícil acreditar que comi picanha de excelente qualidade. Afinal, no cardápio dizia que ela é SUPER PREMIUM. É mesmo? Aqueles nervos que mastiguei dolorosamente diziam o contrário.

madero-floripa-picanha-super-premium

E embora a foto pareça grande — vamos levar em consideração que a foto é de uma lente macro — o prato chega a ser famélico. Umas folhas verdes quase sambando no prato e se esticando todas pra darem a sensação de preenchimento, dois bifes de picanha e um filhote de bife sustentando o palitinho com a bandeira do ponto.

O preço? 41 dilmas pra continuar com fome.

Justiça seja feita, o molho de chimichurri é um dos melhores que já comi. Que saboroso!

madero-floripa-pimentas

Outro ponto forte é o jogo de pimentas que você pode pedir. Na mesa tem apenas um, a pimenta clássica da Tabasco, mas se quiser a minha preferida Chipotle, por exemplo, precisa pedir que o garçom traga na mesa.

Mas você vai saber disso em duas ocasiões: 1) lendo este post, ou 2) exumando a mãe Diná e pedindo ajuda dos astros, ninguém te fala isso antes da refeição. Aliás, um outro ponto crítico do Madero em Floripa é o atendimento. Se em Balneário Camboriú eu fui muito bem atendido, na filial do Beiramar Shopping temos mais um reflexo da péssima mão de obra para restaurantes que esta cidade quase nula em turismo provê.

Pedir uma bebida, mesmo sendo uma simples e inofensiva água mineral, que não morde os dedos de ninguém (juro!), e que custa uma fortuna, conferindo quase que 500% de lucro pra casa, ou um suco de laranja, a preços Padrão Fifa, pode ser uma tarefa um tanto quanto cansativa, quando se precisa repetir três ou quatro vezes.

Parabéns, Madero, vocês têm um dos melhores hambúrgueres da cidade. Mas os demais pratos não me agradaram.

Madero

  • Endereço: Rua Bocaiúva, 2246. Beiramar Shopping. Centro, Florianópolis.
  • Telefone: (48) 3039-0388
  • Aceita cartões: sim
  • Estacionamento: sim

11 ideias sobre “Madero: bom de hamburger e ponto”

  1. Fui no Madero algumas vezes e concordo com vc. Sempre comi o Cheeseburguer Angus, pq é meu preferido. Mas já fui com pessoas que pediram Mignon, que era tudo, menos mignon. Carne dura, cheia de nervos. E detalhe: pediu ao ponto e veio torrado.

    Da outra vez pedimos mignon mal passado e veio ao ponto, ali descobrimos como pedir a carne no Madero, sempre um tom abaixo pra chegar como vc quer.

    O atendimento começa péssimo na Recepção. E uma dica importante: Se vc chegar e o restaurante estiver lotado, vá embora, JAMAIS fique esperando. Fiquei uma vez, esperei 40 min e nada de chamarem a minha mesa, e olha q ia de tempos em tempos checar. A menina simplesmente pulou a nossa vez e passou pros próximos da lista. A maior reclamação que ouvi do Madero foi esta, o atendimento meia boca já começa na Recepção.

    Espero que melhore, pelo preço, nada mais que ter serviço de qualidade e carnes tb.

  2. Fui obrigada a comentar aqui! Fui uma vez no Madeiro em Floripa, comi um hambúrguer… Absolutamente salgado! Mas de verdade, tipo com pedras de sal. Reclamamos, o gerente foi super solícito e como não quisemos um novo ele ofereceu uma rodada de chopp e a maionese, que por sinal já comi melhores. Achei o hambúrguer da hamburgueria de Coqueiros melhor, believe me! O atendimento realmente não é excelente, mas também não é péssimo… Mantemos no meia boca de sempre, em Floripa. Espero que da próxima vez, seja melhor.

    1. Pois é, Débora, pelo visto há outro fator que desagrada: falta de um padrão de qualidade. Enquanto aqui tu reclamas de uma experiência com sal em demasia, há um comentário na publicação deste post na fanpage do blog falando que o sanduíche estava sem sal nenhum. As vezes que comi hamburguer eu gostei, confesso, mas talvez então tenha dado sorte. Vamos ver se melhora depois de um tempo, o que chega a ser irônico, mas as vezes precisa pra engrenar.

  3. Comi com minha família no Madero, 3 pediram hambúrguer e 1 pediu a salada de bacalhau.
    A salada estava boa, mas com pouco bacalhau. E eu digo pouco mesmo. Os hambúrgueres estavam bons, suculentos, com queijo na medida (poderia vir mais), mas dizer que é o melhor do mundo? Sinceramente não sei.
    Semana passada pedi um hambúrguer do GrillBurguer, no trevo do Rio Tavares. Achei muito bom, não diria nem melhor nem pior que o madero. O hamburguer é feito de fraldinha (170g), e feito na brasa (No madero é na chapa), em com bastante queijo e algumas opções de sabores (dentre eles um barbecue feito na própria casa muito saboroso). Vale conferir, mas acho que é só tele-entrega.
    Ainda, entre o saco dos limões e costeira (perto do ginásio de ping-pong) tem um trailer com lanches meio diferentes, que até hoje estou para ir conferir: X-berbigão, X-siri, X-camarão, e alguns outros que não me recordo. Será que vai ser bom? hehe

    1. Juliana.
      Fui no Madero e achei sem graça, caro, péssimo atendimento entre outras coisas que me desagradaram.
      Eu ainda não conhecia o Grill Burger (mesmo morando muito próximo) e um dia eu e meu namorado resolvemos ir lá (não é apenas tele-entrega). …. MUUUITO MELHOR QUE O MADERO, preço justo, a carne é dez vezes mais saborosa os molhos preparados lá são gostosos, enfim, vale a pena. Não é o melhor do mundo, mas vale muito a pena, muito mais do que ir no Madero.

  4. Sempre leio o blog mais nunca tive a oportunidade de comentar, apenas de pegar as ótimas dicas que aqui são publicadas.

    A minha experiencia no Madero foi lamentável desde a espera (também pularam a nossa vez), atendimento (Staff totalmente despreparado a começar pelo Gerente) e sabor (Oi?!).
    Não irei me estender contado toda a história, apenas resumindo a noite: Péssima!!

    Ainda não consegui entender o porque ostentam a frase do “melhor hambúrguer do mundo” na fachada ou ainda o porque muitos outros blogs citam como uma experiência extraordinária…

  5. Oi Daniel! Concordo em relação ao atendimento do Madero Fpolis, é muito ruim. Mas o hambúrguer é ótimo! Já fomos, eu e meu marido, várias vezes. Só fiquei surpresa em relação ao Madero Bal.Camboriú, vc foi bem atendido? Nunca mais vou voltar lá. Comida horrível e atendimento péssimo, passei mal depois de comer o hambúrguer. Horrível!! Bom atendimento é no Outback, o pessoal do Madero deveria fazer escola por lá.

  6. Meu pai já foi no Madero de Curitiba e no de Joinville, sempre chegava em casa fazendo a maior propaganda, dizendo que o hambúrguer era dos deuses, o melhor que ele já tinha comido e bla bla bla, não só ele, já ouvi outras pessoas fazendo os mesmos comentários. Quando abriu o Madero Beira Mar Shopping, fui correndo… DECEPCIONEI!!!! Não achei nada de mais, muito sem graça e caro se for comparar ao sabor e ao atendimento. Não sei se o problema está no Madero de Florianópolis. Queria que meu pai fosse no Madero daqui (ele não foi ainda) pra me dizer se o problema é o Madero Florianópolis ou se ele e as outras pessoas exageraram nos comenta rios kkk.

  7. Apenas amando os comentários. Me achava um et por não achar esse lugar tudoissoaiquepostamporai. Pedi uma costela ao molho barbecue e nunca comi nada tão gorduroso! Mal tinha carne na minha costela, era só gordura! Hambúrguer é ok, mas não é tudo isso MESMO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *