Risotto Alla Birra Scura e o Dia da Cerveja Brasileira

Hoje, 5 de junho, é comemorado o Dia da Cerveja Brasileira. A data foi escolhida em homenagem ao Sr. Rupprecht Loeffler, catarinense da cidade de Canoinhas e mestre da Cervejaria Canoinhense, considerada a cervejaria mais antiga do Brasil, fundada em 1908 pelo seu pai.

httpv://youtu.be/oTed0UGIiM0

Idealizado pelo BBC – Blogueiros Brasileiros de Cerveja, a data é uma forma de incentivar a valorização e o consumo da cerveja produzida nestas plagas, cuja produção é de altíssima qualidade e merecedora dos prêmios que arrebanhou mundo afora. Não só os blogs, mas várias cervejarias entraram no mote e aderiram a data promovendo degustação específica nesta terça-feira.

Inspirado pela postagem coletiva do Cozinha em Cena, do Culinarístico e do Fica, vai ter sobremesa! resolvi experimentar uma receita com cerveja. Desta experiência, fiz o Risotto Alla Birra Scura, um risoto com chouriço português, bacon e uma Eisenbahn Dunkel, um dos estandartes nacionais da cerveja artesanal.

A receita original indica o uso do arroz carnaroli, mas quis experimentar o vialone nano, um arroz com grãos um pouco menores e com quantidade maior de amido. Em todo o caso não são tipos de arroz que se encontra em qualquer mercado, então em último caso, o arroz arbório também serve.

O chouriço também não é fácil achar. Uma linguiça portuguesa ou peperoni podem combinar bem, como substitutos.

Ingredientes

Ingredientes do Risotto Alla Birra Scura
Ingredientes do Risotto Alla Birra Scura
  • Azeite
  • 200g de bacon
  • 200g de chouriço
  • 1 cebola roxa
  • 1 dente de alho
  • 1 copo de arroz vialone nano
  • 300ml de cerveja escura (Eisenbahn Dunkel é a sugestão)
  • 50g de queijo parmentino (parmersão também cai bem)
  • 150g de mossarella de búfala
  • Água quente.
Esta receita rende duas boas porções, porém as fotos correspondem a quantidade servida para 4 pessoas que repetiram a dose. Comida aqui é mato.

A Cerveja

A escolha da Eisenbahn Dunkel foi do Guilherme Schwinn, Sommelier de Cervejas, que me deu uma boa assessoria nesta receita, principalmente na escolha do tipo da cerveja. É um dos rótulos da cervejaria blumenauense, do tipo Lager, de baixa fermentação, traz na receita cinco tipos de maltes importados, de cor escura, com aroma de torrefação e na boca lembra o café. A gradação alcoólica é de 4,8%.

Como fazer

Frite bem o bacon no azeite. Caso acumule muita gordura (vai depender do tipo do bacon), reserve o bacon e remova o excesso. Depois junte ao bacon o chouriço em rodelas ou cubos finos e dê outra boa fritada. Acrescente a cebola roxa e o alho e refogue-os.

Em seguida acrescente o arroz para refogar. Quando ele começar a ficar mais transparente e começar a soltar amido, o normal de qualquer risotto, então coloque metade da cerveja e outro tanto de água até cobrir os demais ingredientes. Agora começa o processo de cocção do arroz onde você vai acrescentando a cerveja até acabar e água aos poucos, o bastante pra cozinhar todo o arroz. Como em qualquer risoto, é necessário mexer o conteúdo sempre.

Colocando a Eisenbahn Dunkel após refogar o arroz
Colocando a Eisenbahn Dunkel após refogar o arroz

Já cozido o arroz, acrescente os queijos e um algumas folhas de coentro. continue mexendo até que o queijo incorpore no risoto e está pronto.

Risoto de cerveja escura: servidos?
Risoto de cerveja escura: servidos?

PS: nesta receita eu usei queijo minas frescal, pois o Imperatriz Gourmet, supermercado dedicado à boa mesa de Florianópolis tem oito trilhões de variedades de queijo mas não tem uma simples mussarela de búfala.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *