Risotto de linguiça defumada e shitake

Ando numa fase em que tudo vira risotto. Assim como sobras viram carreteiro, pedaços de linguiça, cogumelos que não foram usados naquela outra receita e aquele restinho de ervilha congelada se misturam com arroz arbóreo, manteiga e alguma bebida alcoólica resultando na minha, talvez, comfort food preferida dos últimos tempos, da última semana.

Risotto de Linguiça defumada com Shitake
Risotto de Linguiça defumada com Shitake

Foi o que aconteceu com uma “perna” de linguiça que defumada que tinha na casa da Sara. Não era lá uma linguiça Blumenau, mas já era alguma coisa. Juntei um pouco de cogumelos tipo shitake, uma taça de vinho e tava feito o almoço.

E sem delongas vamos aos ingredientes e no modo de fazer deste prato simples, rápido e buenacho.

Ingredientes

Ingredientes do Risotto
Ingredientes do Risotto
  • 300g de linguiça defumada
  • 150g de cogumelo shitake
  • 1 punhado de arroz arbóreo
  • 50g de manteiga
  • 1 taça de vinho branco
  • 1/2 copo de cachaça ou conhaque para flambar (opcional)
  • 1 tablete de caldo de legumes
  • 1 litro de água fervente
  • 1 cebola pequena picada
  • 2 dentes de alho amassados
  • Sal e pimenta a gosto

Como fazer

Frite bem a linguiça
Frite bem a linguiça

Primeiramente você dá uma leve fritada no shitake em uma colher de azeite de oliva, reserve. O mesmo procedimento você faz com a linguiça defumada. Caso queira, pode flambar a linguiça em cachaça ou conhaque adicionando na frigideira a bebida e ateando fogo (muito cuidado!) até que o álcool seja consumido.

PS: eu separei alguns cubinhos de linguiça e fritei mais um pouco até ficarem bem crocantes para adicionar como cobertura na finalização do prato. Recomendo!

Depois em uma panela você coloca mais um pouco de azeite de oliva e refoga a cebola, depois o alho e em seguida o arroz. Feito isso você adiciona o vinho branco e aguarda evaporar bem o álcool. Logo após junte a linguiça.

Mexa o risotto com vigor
Mexa o risotto com vigor

Em paralelo você vai ter o tablete de caldo de legumes já dissolvido no litro de água fervente. Acrescente a primeira concha e deixe cozinhar. Como já é prache no risotto, você deve ficar mexendo com uma colher grande (de plástico ou madeira, de preferência) sempre, e com vigor, para que ele libere o amido.

Nesse momento você pode colocar pimenta a seu gosto. Eu não usei sal porque a linguiça já era salgada o suficiente, ainda mais depois de fritá-la quando o sabor salgado se expande, mas caso você queira, fica a seu critério.

O processo de hidratá-lo quando for secando com uma concha do caldo continua até que o arroz fique al dente, sempre mexendo com vigor. Na última concha você acrescenta o shitake para que ele pegue um pouco do gosto da linguiça.

Risotto de Linguiça Defumada e Shitake: delícia!
Risotto de Linguiça Defumada e Shitake: delícia!

Ao desligar a panela, junte a manteiga e mexa mais um pouco para que ela finalize a cremosidade do risotto. Se você seguiu minha recomendação e fritou um pouco da linguiça bem crocante para cobrir o prato, a hora é agora e está pronto!

4 ideias sobre “Risotto de linguiça defumada e shitake”

  1. Como eu não tinha shitake, fiz só com a linguiça defumada e troquei a manteiga pelo parmesão ralado e pimenta dedo de moça e ficou espetacular! Super recomendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *