Arquivo da tag: capuccino

Café Cultura: muito café, muito bistrô, muito gostoso!

Este é um review feito em duas visitas.

cafe-cultura-lagoa-externa

A primeira foi num domingo à tarde na loja da Lagoa da Conceição, quando estava começando a ficar soterrado no meio de caixas de mudança e precisando respirar novos ares acompanhado de um bom café. Saí com a câmera pra aproveitar corrigir uma injustiça: o único review que o Café Cultura havia ganhado aqui era da unidade do centro, que não existe mais, e que servia um almoço épico ao lado da Praça XV. Mas de café, café mesmo, ainda não havia falado. Falha minha, afinal o café deles é um dos meus preferidos na cidade, principalmente porque é um dos poucos que não monopoliza com a velha e entediante máquina de espresso.

Até por quê, vamos combinar né moçada? Pra saber tirar um bom espresso sem sentir aquele gosto de queimado na boca tem que ralar muito, não adianta por uma boina e achar que é barista. Essa praga inclusive persegue nas padarias, qualquer um liga aquele elefante branco vaporizador. Credo!

Tá, mas tô tergiversando, vamos aos fatos: tarde, domingo, volta na Lagoa, café. Café Cultura.

cafe-cultura-lagoa-hario

Hario? Hario! Aquele breguete branco de porcelana, em espiral, filtro especial pra Hario e um House Blend pra chamar de seu. Dos deuses, parece que ali você sente todas as propriedades e sabores do café. Não só as notas, dá pra chamar de acordes, parece uma música bem tocada quando um café é bem passado. Pra quê tirá-lo na pressão se café é calmaria?

cafe-cultura-lagoa-torta-alema

Pra acompanhar uma torta alemã da casa. Bah, que coisa linda de meu deus!

cafe-cultura-lagoa-capuccino-italiano

Minha torta favorita, meu café predileto, e boa companhia! Boa companhia, inclusive, que tomava esse capuccino italiano, bem feitinho e dosado, sem aquela doçura do brasileiro que usa café de pretexto.

cafe-cultura-lagoa-panini

E o capuccino foi pra acompanhar esse belíssimo panini, que é uma das especialidades gastronômicas da casa. Ele é vegetariano com abobrinha, tomate, alface, queijo… tão gostoso que nem sente-se falta de carne (olha quem fala!).

Ainda vou falar de café mas anota aí: especialidades gastronômicas da casa. Anotou?

Então, este café durou até a noite, entre idas e vindas do filtro do Hario e outros capuccinos, até fechar com estas duas belezinhas.

cafe-cultura-lagoa-cafe-latte

Café Latte.

cafe-cultura-primavera-entrada

A segunda etapa surgiu da lacuna entre esta visita, já rascunhada aqui no blog, da minha mudança pra Florianópolis (oi vizinhos!) e de um convite recebido pela Amplocom, das queridas Viviane e Roberta. Era pra ir até a loja da SC-401, que eu ainda não conhecia, experimentar as delícias que o Café Cultura oferece habitualmente. Só que, como acontece todo inverno, o cardápio passa não ter apenas uma, mas várias sopas e cremes, além de outras coisas boas que vou mostrar agora. Lembra que anotou as especialidades gastronômicas? Pois é, elas vão além dos paninis, sanduíches, salgados, doces, tortas… tantas comidas boas que têm por lá e já são conhecidas.

cafe-cultura-primavera-bruschettas

De cara já vieram estas bruschettas muito saborosas e bem crocantes. Experimentei as de tomate, a famosa pomodori, e a de queijo brie com damascos. Quentinhas, pãozinho crocante, recheio saboroso… daquelas experiências onde a gente já poderia ficar na entrada. Mas é lógico que não. Porque tinha ainda muitas sopas bem saborosas pra comer.

cafe-cultura-primavera-sopa-mandioquinha-maracuja

Essa foi a de mandioquinha com maracujá. Uma mistura que eu jamais teria feito em casa, que eu sequer havia pensado que ficasse boa. O sabor e a textura da mandioquinha com a acidez sutil do maracujá.

cafe-cultura-primavera-sopa-aipim-camarao

Aipim com camarão também é uma delícia. Um creme robusto mas também delicado de mandioca, camarões grelhados e bem temperados por cima.

cafe-cultura-primavera-sopa-moranga-gengibre

Tem também a tradicional moranga com gengibre. Aquela abóbora bonita e saborosa, a kabotya, que alguns chamam de abóbora japonesa. O gengibre dá o toque oriental e ácido pra levantar ainda mais o sabor dela. Essa, aliás, minha preferida da noite e da vida. Comeria ela todo dia!

cafe-cultura-primavera-risoto-champignon

Ainda coube espaço pra esse risoto de champignon, cogumelos muito bem puxados no azeite e um arroz italiano digno de um bom bistrô!

cafe-cultura-primavera-cafe-pacoca-latte

Acha que faltou espaço? Espere só até ver esta Paçoca latte, um novo  “café” que pode-se ser saboreado como sobremesa. O nome já diz tudo: café com leite e paçoca. Outra delícia que ainda não conhecia.

Por fim, resta dizer que sinto-me agora pleno sabendo que já tenho um review bem completo do Café Cultura por aqui. Difícil a semana em que nenhuma das lojas passe meu cartão. Seja pra um rápido café com algum amigo, seja pra passar algumas horas papeando e filosofando as inquietudes da vida, o Café Cultura é um lugar dos que me sinto em casa, independente da loja que eu vá.

Café Cultura

Rua Manoel Severino de Oliveira, 669, loja 3

(48) 3334-0483

SC 401, Km4 – Espaço Primavera Garden

(48) 3307-9350

Café Cenário: Curitibanos tem um café para chamar de seu

Gostei de Curitibanos. Não sei se porque estava em uma cidade onde o calor era absurdamente constrangedor e fui recebido em Curitibanos com uma temperatura civilizatória de 18 graus; se pela gente hospitaleira e gentil; pelas ruas largas e pouco movimentadas que te dão a impressão de conforto e calmaria; ou se pela gastronomia que, apesar de poucas opções acompanhando a densidade demográfica da cidade, dá um banho em muito estabelecimento da famigerada capital do estado.

cafe-cenario-entrada

Já havia almoçado em um lugar perfeito, o Monte Castelo, e agora me enrubesço de vergonha por não ter produzido material para um review. O salão do Restaurante Monte Castelo ocupa o que antigamente era o prédio do primeiro cinema da cidade e têm na cozinha uma verdadeira obra de arte.

cafe-cenario-torta-cenario

Em seguida fomos ao Café Cenário, um belíssimo café que abriu na cidade tem pouco tempo. O espaço deles é incrível, chega a ser difícil escolher onde você vai se sentar caso chegue por lá na hora da abertura da casa e com todas as mesas disponíveis. Há o primeiro ambiente, o interno, onde você pode tomar normalmente o seu café e deliciar-se com as gostosuras expostas no balcão.

cafe-cenario-ambiente-externo

Caso queira, há também uma parte externa, porém coberta, que aproveita a luz do dia e dá uma alegria a mais à sua refeição. Este conta com uma decoração diferenciada, também lindíssima, e com televisores, digno de um bom happy hour.

cafe-cenario-buffet

O terceiro, e não menos importante, é para quem não quer somente tomar um cafezinho e tomar uma torta, ou um salgado. Este é para quem vai lá comer uma das refeições que mais me emocionam na gastronomia, legado dos italianos e alemães que aportaram por estas bandas: o café colonial. É basicamente um buffet de tortas, doces e salgados, e que na foto não aparece completo visto que ainda estavam montando quando chegamos. A dona da casa topou em abrir 15 minutos antes pra gente, já que conheciam o Ricardo e a Vanessa, e estávamos na cidade com tempo contado para voltarmos.

cafe-cenario-parquinho

Nos fundos do terreno há um bom espaço ao ar livre com uma araucária enorme fazendo uma sobra confortável para os dias mais quentes, bem ornamentada com plantas e vegetação nativa.

cafe-cenario-brinquedoteca

Balanço e parquinho para as crianças, e ainda por cima uma brinquedoteca para deixar os pimpolhos ocupados enquanto você degusta o seu café.

cafe-cenario-cardapio

O cardápio conta com um grande elenco de cafés. Do simples espresso até cafés preparados com bebidas alcoólicas, como o Café L’aquila. Há salgados, doces dos mais variados feitos no dia, cupcakes, muffins enfim… até porções, cervejas, vinhos e espumantes para outras ocasiões.

cafe-cenario-quiche

Eu escolhi experimentar o Café L’aquila, que consiste basicamente num espresso, leite cremoso e uma dose de Amarula. Não sei de quem foi a idéia de juntar café com Amarula, mas este alguém está de parabéns! Que delícia!

Experimentei também a torta cenário. Essa é a torta da casa, bem fofinha e saborosa, feita com damascos e nozes.

Como estava saindo do almoço não tive condições estomacais de experimentar café colonial, estava ali para o café e a sobremesa que dispensei no Monte Castelo. Mas tive que pedir um salgado, que comi mais com os olhos do que com a barriga, para ter um feedback também da cozinha. Pedi uma quiche de brócolis. Outra iguaria muito bem preparada e saborosa, mostrando que a cozinha é bem versátil. Não tem grandes extravagâncias, mas consegue preparar muito bem doces e salgados dos mais diversos tipos, sem prevalecer ou relegar um ao outro.

cafe-cenario-torta-alema

Também experimentei a Torta Alemã, o meu doce favorito. E eu só conseguia pensar em quando poderia voltar a este templo mais uma vez e experimentar o restante das coisas que servem por ali.

cafe-cenario-capuccino

Este é o Capuccino do Cenário. Café puro, uma dose de chocolate quente, leite vaporizado e canela. Simples e perfeito.

O preço também é muito honesto. A toda esta comida e bebida não foram dispensados mais que R$30. Em alguns cafés aqui em Florianópolis, com a decoração e o amplo espaço que o Cenário oferece, nada menos que um cartão do BNDES seria necessário para o pagamento da conta.

Se você for de Curitibanos ou está de passagem pela cidade, como era o meu caso, visite-o! É incrivelmente saboroso estar lá.

Café Cenário

  • Endereço: Av. Vidal Ramos, 224. Curitibanos, SC.
  • Telefone: (49) 3241-4174
  • Aceita cartões: sim
  • Wifi: sim

TOP 10 melhores lugares de Floripa pra você tomar um café

Existem muitos cafés em Florianópolis. Quando comecei a listar as lojas onde se poderia beber um bom espresso eu fiquei surpreso, tanto que nas últimas semanas comecei a consultar os amigos e recorri à fanpage pedindo indicações de lugares que poderia visitar, pra ver se conseguia dar uma filtrada nos resultados.

Fiz uma lista que se chamará os 10 melhores cafés de Floripa. Ela não leva em conta os atributos da bebida em si como a torrefação, a moagem dos grãos, a forma que ele é tirado etc. Eu não tenho paladar o suficiente pra entender da acidez, corpo, sabor e aroma de um bom café. O espresso eu dividi em três grupos: ruim, médio e bom. Os que se encaixaram em ruim e médio saíram da lista, ficaram os que agradaram o paladar de alguém não especializado na bebida. Por outro lado, o que quero dizer com “TOP 10 melhores Cafés de Floripa”, é que levei em consideração desde o atendimento do Café até a qualidade da cadeira em que sentei, passando pelos doces e salgados que acompanharam uma possível refeição ou a decoração da casa. Desta forma peço que não me cobrem um conhecimento que eu não tenho e sinta-se à vontade para publicar aqui um post com as melhores bebidas de café, caso tenha esse discernimento.

Dito isso, depois de dois meses de andanças, tomando cafés e comendo quitutes, cheguei a esta lista dos melhores 10 cafés de Floripa.

1. Café Kiwi

Café Kiwi
Café Kiwi

Eu já havia experimentado o almoço do Café Kiwi há algumas semanas e tinha ficado encantado com a casa. O Café Kiwi é um pequeno bistrô quase escondido no centro de Florianópolis e encanta quem passa na Rua Padre Miguelinho. É pequeno, aconchegante e tem uma vitrine de doces e cupcakes capaz de hiptonizar os transeuntes. Experimentei o espresso com uma fatia da tão comentada torta de pistaches. Simplesmente divino. O atendimento é excelente e recomendo tomarem o café nas mesas externas, no calçadão, vendo a vida passar.

  • Rua Pe. Miguelinho, 83. Centro.
  • Telefone: (48) 3224-0155
  • Horário: de segunda à sexta-feira, das 8:30h às 19h.
  • Aceita cartões

2. Café Cultura

Café Cultura
Café Cultura

Tomar um café na Lagoa da Conceição numa tarde qualquer é uma obrigação imputada ao manezinho. Tanto os nascidos aqui quanto aos aquerenciados de outras bandas que encontram no pedaço mais democrático da Ilha uma outra opção interessante. O Café Cultura é também uma espécie de bistrô onde se pode aproveitar uma sopinha no inverno, uma saladinha no verão e sempre tem um café muito saboroso pra quem chega. Foi unanimidade na minha pesquisa para este post e, feita a visita, veio a confirmação. O ambiente é bastante agradável, o atendimento é muito simpático e gentil, que explica não só o funcionamento da casa como te auxilia na escolha do seu café.

  • Endereço: Rua Manoel Severino de Oliveira, 669 loja 3. Lagoa da Conceição.
  • Telefone: (48) 3334-0483
  • Horário: diariamente das 9h às 0:30h, inclusive feriados.
  • Aceita cartões, tem Wifi.

3. Confeitaria Vó Guilhermina

Confeitaria Vó Guilhermina
Confeitaria Vó Guilhermina

A Confeitaria Vó Guilhermina é o único representante do continente florianopolitano nesta lista, e felizmente figura como medalha de bronze neste post; por um triz os meus conterrâneos não precisam passar a ponte pra experimentar um café bacana. Como o próprio nome já diz, a Vó Guilhermina oferece além de alguns salgados muito saborosos, tortas e doces de fazer aumentar a glicose só de ver. Duvido que você consiga olhar para os balcões desta pequena casa no bairro de Coqueiros por menos de 5 minutos. Com o café espresso, bem apresentado e servido, bem quente e saboroso, experimentei a torta de morangos com chocolate recheada com leite condensado. Uma boa fatia não custa menos que 10 reais, mas talvez a torta mais cara que comi nestas experiências, mas vale cada garfada. E prepare-se pra comer morangos. Muitos morangos.

  • Endereço: Av. Max de Souza, 1236. Coqueiros.
  • Telefone: (48) 3248-1540
  • Horário: de terça-feira à sábado das 12h às 20h. Domingos e feriados das 14h às 20h.
  • Aceita cartões, tem estacionamento.

4. Café François

Café François
Café François

A sua loja principal fica na Rod. SC 401, no Corporate Park, mas minha visita foi na loja do Centro ao lado do Beiramar Shopping. É uma loja menor, com uma bancada e cadeiras para se tomar um café rápido, mas não tão aconchegante e charmoso que sua matriz o Café François, uma boulangerie e patisserie, oferece brioches, croissants, pães dos mais diversos feitios e de sabor incrível, no melhor estilo francês, além de um café muito bem preparado e apresentado. Os doces que figuram na vitrine praticamente agarram o cliente ao passar nas imediações da Beiramar e há que se ter muita força pra resistir e não entrar pra tomar nem que seja um espresso.

  • Endereço: Rua Germano Wendhausen, 190. Agronômica.
  • Telefone: (48) 3333-9995
  • Horário: diariamente das 10h às 20h, inclusive feriados.
  • Aceita cartões

5. Pérolhas da Ilha Café

Pérolas da Ilha Café
Pérolas da Ilha Café

Este é o mais florianopolitano de todos os cafés. O Pérolhas da Ilha é todo construído no estilo açoariano, desde as mesas, todas elas diferentes uma das outras, feitas de madeira boa e rústica, até a decoração nas paredes com peças açorianas de décadas passadas: tudo lembra Florianópolis. É dividido em pequenos espaços, ideal pra quem quer um local aconchegante e gosta de privacidade e exclusividade. Conta também com espaço literário e artístico com autores florianopolitanos. A cozinha também é baseada na cultura ilhoa e é possível sentir os sabores e temperos das nossas avós. Eu experimentei o café espresso e dispensa apresentações: também muito saboroso e bem servido, com dois amanteigados, como manda o figurino.

  • Endereço: Rua Deputado Antônio Edu Vieira, 443. Pantanal.
  • Telefone: (48) 3225-6620
  • Horário: de segunda à sexta-feira, das 11h às 22h. Sábados das 11h às 21h.
  • Aceita cartões, tem wifi e tem estacionamento.

6. Imperatriz Gourmet Cafeteria

Cafeteria Imperatriz Gourmet
Cafeteria Imperatriz Gourmet

Dizem os especialistas que ir ao supermercado com fome não é uma boa idéia, faz você gastar com supérfluos e lhe dá pouca objetividade nas compras. Se você estiver no Imperatriz Gourmet não tem este problema. Além de um café espresso delicioso você pode experimentar uma das gostosuras, doces e salgados feitos por eles mesmos na sua cafeteria. O Imperatriz Gourmet é um supermercado dedicado a quem gosta da boa mesa e tudo o que envolve a gastronomia. A cafeteria não poderia ser diferente, além de boa comida e café, um balcão aconchegante pra você fazer uma pausa nas compras ou somente chegar lá pra um café.

  • Endereço: Rua Bocaiúva, 2468. Primeiro piso do Beiramar Shopping. Centro.
  • Telefone: (48) 3224-1822
  • Horário: diariamente das 8h às 23h.
  • Aceita cartões, tem estacionamento.

7. La Padá

La Padá
La Padá

Recentemente escrevi sobre o buffet de café da manhã do La Padá, um café e padaria no mesmo espaço, oferecendo os mais variados tipos de café, no melhor estilo italiano. Serve desde os cafés mais tradicionais, até cafés especiais quentes e gelados, alcoólicos e chás. Na mesa oferece doces e salgados muito bem preparados, almoço executivo e hambúrgueres. Ambiente aconchegante, com mesas muito simpáticas e convidativas, é um excelente pra passar alguns minutos batendo um papo e tomando um bom café.

  • Endereço: Av. Rio Branco, 597. Centro.
  • Telefone: (48) 3322-009
  • Horário: diariamente das 8h às 22h.
  • Aceita cartões, tem wifi e tem estacionamento.

8. Uai di Minas

Uai di Minas
Uai di Minas

De todos os lugares que visitei foi o único que não tomei café espresso. Mas achei que merecia as honras de figurar na lista dos dez melhores cafés de Florianópolis porque além de ser servido no melhor estilo mineiro, simpático e caseiro, o Uai di Minas é um lugar muito bacana. Você pode ver o que escrevemos sobre ele, e saber que depois da sua refeição ou mesmo naquela parada pra um café da tarde com bolos, pães, doces e salgados feitos por quem entende de comida, poderá tomar um delicoso cafezinho passado no coador, e é feito na sua frente, na própria mesa, por um garçom. Neste caso você não paga por uma xícara de café, mas tem café a vontade, uma garrafa fica na sua mesa para você servir o quanto lhe baste.

  • Endereço: Rod. Dr. Antônio Luiz Moura Gonzaga, 1167. Rio Tavares.
  • Telefone: (48) 3334-0094
  • Aceita cartões e tem estacionamento.

9. Padoka

Padoka
Padoka

A Padoka é uma padaria numa esquina muito charmosa entre a Almirante Lamego e a Esteves Júnior, rua do famoso Colégio Catarinense. Além de vender pães dos mais variados tipos e funcionar como uma lanchonete, tem umas mesinhas disponíveis para saborear um café. Pode não parecer assim que você entra e vê aquele monte de produtos na loja, a cafeteira italiana não tem tanta evidência, mas o café é muito bom. Vale uma visita!

  • Endereço: Rua Almirante Lamego, 1480. Centro.
  • Telefone: (48) 3255-2795
  • Aceita cartões.

10. La Bohème

La Bohéme
La Bohème

Tomo o Capuccino do La Bohème vai fazer uns 10 anos, quase. Desde a época em que trabalhava no Trindade Shopping e aguardava ansiosamente as sextas-feiras pra tomar um pão de queijo com a melhor coxinha da cidade. A coxinha não é mais a mesma, talvez por força das terceirizações dos salgados que acontece aqui na cidade, onde quase todo café/lanchonete entrega sua cozinha pra outra empresa. Estive lá estes dias e deu vontade de jogar fora, mas o capuccino continua um dos melhores. Um café bem preparado, saboroso, com ingredientes na medida e sem firulas. O espresso também é bom.

  • Endereço: Rua Lauro Linhares, 2123. Trindade.
  • Telefone: (48) 3025-5059
  • Horário: de segunda à sexta-feira, das 8:30h às 20h. Sábados das 9h às 18h.
  • Aceita cartões.

Espero que tenham gostado da primeira lista com sugestão dos 10 melhores cafés de Floripa. Se você quiser indicar algum outro estabelecimento para uma próxima atualização desta lista, use os comentários!