Arquivo da tag: cream cheese

Yakisoba da Ponte agora tem Sushi, Sashimi e Temaki!

É desnecessário dizer que o Carlos e sua equipe fazem no Yakisoba da Ponte uma das melhores comidas de rua que São José já viu. Com a receita sendo aprimorada há anos e com o pessoal altamente qualificado trabalhando tanto na chapa quanto na pré-produção, o Yakisoba tradicional e o especial com molho teriyaki dão um show nos quesitos sabor e qualidade.

yakisoba-sushi-frente

E só quem tem autonomia e segurança pra continuar melhorando o que já é bom se arrisca na diversidade dos pratos onde as culinárias são relacionadas de alguma forma. Ainda servindo o melhor da comida oriental, o Yakisoba da Ponte agora traz novidades no seu cardápio. Isso mesmo, há duas semanas naquele ponto informal porém aconchegante da Av. Presidente Kennedy a casa agora oferece Sushis, Sashimis e Temakis.

Estive lá na última semana pra conferir e provar os novos pratos. Enquanto Carlos foca suas atenções no Yakisoba, é o chef Jeferson Torres quem prepara os sushis, com uma excelente bagagem profissional acumulada na sua trajetória pelo ramo em Floripa.

yakisoba-sushi-enrolados

Experimentei todos os pratos da casa. Primeiro os sushis enrolados, como não poderia deixar de ser. Por ser um food truck e pra garantir o frescor e a qualidade, eles apenas trabalham com o salmão, que é o queridinho e unanimidade por aqui. Foram servidos os uramakis Filadélfia (salmão com cream cheese), patê de salmão e kani kama. Os hossomakis seguem os mesmos sabores: kapa maki (pepino), kani e salmão. Todos provados e aprovados.

yakisoba-sushi-nigiri-dyo

Depois foi a vez dos Nigiri e dos Djow (djoe, joe, dyo, cada restaurante chama de um jeito). Os nigirizushi estavam deliciosos. Se você tiver a oportunidade, peça a versão com geléia de pimenta oriental por cima. Dá um toque todo especial no sushi. Outra sugestão que eu dou é experimentar o djow maçaricado, é uma experiência interessante o sabor do peixe cru por dentro e levemente cozido por cima. Quase um tataki de salmão enrolado.

yakisoba-sushi-temaki

Os temakis também estão presentes no novo cardápio do Yakisoba. O Temaki Filadélfia deles é de dar inveja! Bem recheado, sem miséria de peixe e com cream cheese, cebolinha à gosto do freguês. Pode pedir sem, é claro, mas acho que dá um toque todo especial. Há inclusive o cuidado de mandarem na mesa, além do potinho e a garrafinha de shoyu, o molho num sachet pra que você consiga temperar o seu temaki de maneira adequada.

yakisoba-sushi-sashimi

Se o peixe é fresco e o chef é bom, o Sashimi não teria como ser diferente. O segredo desta iguaria é o peixe não ter sido congelado e o tamae-san saber cortá-lo. Acho que a foto é autoexplicativa, mas cabe dizer que salmão cru é uma das iguarias onde a cocção não melhora o prato. Shoyu dos bons e wasabi à vontade pra temperar bem o seu peixe.

Há também uma coisa que eu acho extraordinária nos sushis: os hots. Eles são ótimos pra levar algum amigo com quem você deseja dividir uma refeição mas por algum motivo não curte o sabor do peixe cru. Hot sushi é inclusivo e agregador.

yakisoba-sushi-hotroll

Este até o Everton, co-autor deste blog e que não curte muito comida japonesa crua, se esbaldou.

Experimentou o hotroll filadélfia, que é o mesmo uramaki filadélfia empanado e frito. E não é hotroll se não vier acompanhado de tarê, um molho feito à base de shoyu muito delicioso e que acompanha bem as frituras.

yakisoba-sushi-hottemaki

Outra gordice fritura que adorei foi o Hot Temaki. Mas ao invés de pegar os rolls e colocarem como recheio de um temaki normal, o chef empana e frita ele inteiro. Daria pra dizer que é uma espécie de cozinha ajaponezada de peixe. Uma delícia. Fritura é sempre boa!

O drama maior é: experimentar um pouco disso tudo sem sair rolando. Embora comida japonesa seja leve e boa pra quem briga com a balança, os sushis todos são bem servidos e vendidos em porções com 8 unidades. As fotos dão bem a dimensão da coisa toda, dá pra comer sem gastar muito e sair bem satisfeito.

Vale a visita! Comer sushi sem a necessidade dos protocolos de um restaurante comum pode ser uma experiência bastante interessante, ainda mais quando o produto é de qualidade!

* Este é um review publieditorial. Ele expressa a opinião do autor.

Yakisoba da Ponte

  • Av. Presidente Kennedy, 789. Campinas, São José/SC.
  • Aceita cartões
  • Estacionamento
  • Wifi

Como fazer Hot Sushi Filadélfia

É engraçado ver sushi frito. Engraçado, digo, porque é irônico. O sushi foi inventado por acidente, a história nos conta que o surgimento desta iguaria data de cerca de 400 anos antes da data que atribuem a Jesus Cristo, então a quase dois mil e quinhentos anos atrás descobriram que o arroz quando cozido libera ácido láctcito e acético que juntos têm efeito de conservação do peixe. Por isso, colocavam os peixes em camadas grossas de arroz para transportá-lo de um lado para o outro. Imagino que naquela época a Iveco ainda não era sucesso no Japão. E onde entra o Hot Sushi Filadélfia?

É também sabido que nem todo mundo gosta de peixe cru, sushi é aquela coisa de ame-o ou deixe-o, já falei isso tantas vezes aqui. Qual a saída encontrada? Fritar o sushi. Então você cozinha o arroz, enrola em volta do peixe com uma folha de alga, chamada nori, que em tese servia para conservação e depois COZINHA o bicho. OK, a gente faz isso com o charque e ninguém enche o nosso saco.

Hot Sushi Filadélfia
Hot Sushi Filadélfia

Vamos aprender a fazer hot sushi filadélfia?

Ingredientes do Hot Sushi Filadélfia

  • 1 xícara de arroz para sushi
  • 1 xícara de água1 colher de chá de sal
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 2 colheres de sopa de vinagre de arroz
  • 200g de salmão em fatias finas
  • 3 folhas de alga (nori)
  • 100g de cream cheese de sua preferência (o Philadelphia é melhor, fato)
  • 1/2 xícara de cerveja gelada (usamos Heineken)
  • 8 colheres de farinha de trigo
  • Óleo de girassol para fritar

Como fazer

Se você se recorda da minha receita de como fazer sushi, feita de forma bruta e rústica, pode seguí-la. Em tese grande parte do processo é fazer o sushi normalmente até a hora de empaná-lo.

Arroz

Fazer o arroz para sushi demanda uma certa perícia e muita, muita paciência. Primeiro você precisa lavá-lo quantas vezes forem necessárias para que a água saia tão limpa quanto entrou no recipiente que usou para isso. Depois é necessário que ele fique de molho na água por 30 minutos.

Temperando o arroz para sushi, o shari
Temperando o arroz para sushi, o shari

Depois disso você coloca ele numa panela para cozinhar em uma xícara de água até levantar fervura em fogo alto. Baixe o fogo, tampe a panela e deixe cozinhar por mais 15 minutos. Desligue o fogo e deixe este arroz descansar, coloque um pano em cima por 10 minutos. Depois você coloca ele numa travessa ou algum pote para que ele esfrie bem, pode pedir ajuda de um ventilador para tal.

Faça uma mistura com o vinagre de arroz, o sal e o açúcar e comece a despejar lentamente por cima desse arroz, mexendo sempre para que cada parte dele seja bem temperada. Agora mexa até o arroz esfriar completamente e cubra-o com um pano úmido até a hora do preparo do sushi.

Enrolando o sushi

Pra isso você vai precisar daquelas esteiras já conhecidas, usadas pra fazer sushi. Você pode forrá-la com um plástico culinário, eu particularmente odeio aquele negócio, mas facilita bastante o trabalho e não deixa o arroz grudar.

Enrolando o sushi
Enrolando o sushi

Deixe a folha de nori na esteira com a parte fosca pra cima. Umedeça as mãos com água para que não grude e vá despejando arroz por cima da alga, amassando bem, deixando uma parte da folha vazia, algo em torno de dois dedos.

httpv://www.youtube.com/watch?v=swGJ2dIu9XE

Em seguida coloque o salmão cortado em tiras transversalmente por cima do arroz, faça o mesmo com o queijo cremoso. Pegue agora a esteira e vá enrolando, apertando bem para que ele não desmonte. O vídeo acima auxilia bastante neste processo caso não tenha a mínima noção do que eu estou falando.

Empanando o sushi

Num recipiente, misture a cerveja gelada com 6 colheres de farinha de trigo. Num outro, deixe as outras duas colheres de farinha de trigo. Passe o rolinho na farinha seca e depois nesta pasta de farinha e cerveja.

Fritando o sushi

Agora esquente bem o óleo de girassol numa frigideira funda e frite bem os rolinhos, até começarem a ter uma cor mais dourada.

Fritando o sushi
Fritando o sushi

Retire os rolinhos da frigideira, corte ele em dois, depois em quatro e finalmente sirva as oito peças de hot filadélfia. E seu hot sushi filadélfia está pronto.