Arquivo da tag: dijón

Bistrô La Provence: bistrô na cara e na alma

Coisa boa você sair de casa e ir para um restaurante que, mesmo sendo um estabelecimento comercial, faz você se sentir em no seu próprio lar. Foi o que aconteceu no Bistrô La Provence, na Lagoa da Conceição, que guarda ao máximo as características de um verdadeiro bistrô. Comida simples mas bem apresentada e saborosa, atendimento personalizado, ambiente aconchegante e pequeno, como se fosse, de fato, uma casa.

la-provence-foto01

Manda muito bem o chef Renato Justo Jr. que, dentre outras bagagens, traz pra Floripa sua passagem pela Le Cordon Bleu, na França, cuja cozinha inspira todo o cardápio do bistrô.

La-Provence_Foto03

O cardápio é enxuto, não tem firulas. Algumas opções de entradas, pratos à base de massas, carnes, peixes e carnes exóticas, além é claro das sobremesas. Uma ou duas por categoria, não mais. Alguns podem achar ruim, eu encaro de forma positiva. Quanto menos variedades, menos chance de errar, mais elaboradas elas costumam ser e o resultado tende a ser muito melhor.

la-provence-foto02

O atendimento é outro diferencial: quem atende é a esposa do chef, Suzana, que ganha também homenagem no cardápio tendo nas sobremesas, um crepe em seu nome. Pudera, o atendimento é especial, continuando a sensação de que você está em casa, além do ambiente muito bem decorado e aconchegante.

Tartare de Salmão com torradas de pão ciabatta
Tartare de Salmão com torradas de pão ciabatta

Abrimos os trabalhos com esta maravilha. Sério, experimentem isso quando forem lá. Tartare de Salmão com torradas de pão ciabatta (R$25). O salmão muito bem preparado e temperado, fresquinho, a pimenta rosa dando um toque especial e a salsa dando aroma e sabor perfeitos ao prato. Poderia passar a noite toda só comendo isso.

Filé Dijón com Batata Rösti
Filé Dijón com Batata Rösti

Depois veio o prato principal. Eu escolhi um Filé Dijón com Batat Rösti (R$64). Outra delícia. O filé veio no ponto certo que pedi, ou seja, ao ponto. Bem suculento, macio e saboroso. O molho harmonizava muito bem com a carne, cumprindo bem o seu papel. A batata rösti bem leve e macia também, crocante por fora e muito macia por dentro.

Penne de Madame Jeanne acompanhado de camarões e aspargos frescos
Penne de Madame Jeanne acompanhado de camarões e aspargos frescos

A Aline foi numa massa, escolheu o de Penne de Madame Jeanne acompanhado de Camarões e Aspargos Frescos (R$54). Na ocasião faltavam os aspargos que foram lindamente substituídos por shitake (felicidade do chef, imaginando o sabor do aspargo realmente ficou melhor que o original) e não desabona a madame Jeanne, sua mãe, quem é a homenageada da receita.

Aparados, Villa Francioni. Cabernet Sauvignon
Aparados, Villa Francioni. Cabernet Sauvignon

O jantar foi harmonizado com um Aparados, um Cabernet Sauvignon que homenageia os Aparados da Serra, legítimo terroir de altitude da vinícola VIlla Francioni. Eu como fã dos vinhos da nossa serra sou suspeito pra falar, mas mesmo assim insisto: baita vinho! Custo benefício perfeito!

Creme Brulee
Creme Brulee

Para encerrar, dividimos um Crême Brülée (R$18). Sobremesa deliciosa pra Amelie Poulain nenhuma botar defeito!

A conta fechou em R$243 incluindo o vinho, água e serviço. Vai lá!

Bistrô La Provence

  • Endereço: Travessa Leopoldo João dos Santos, 93. Lagoa da Conceição, Florianópolis.
  • Telefone: (48) 3223-6762
  • Horário: de segunda à sábado das 19h30 às 23h30.
  • Aceita cartões: sim

Salmão Dijón: rápido, saboroso e bonito prato para o dia dos namorados

Salmão é amor, mostarda dijón é paixão. Ambos fazem prodígios que até os deuses duvidam.

Salmão Dijón
Salmão Dijón

A receita é do blog Panelaterapia e a repasso aqui como foi feita, sendo uma sugestão de prato para fazer sua(seu) companheira(eiro) neste dia dos namorados, 12 de junho. Ela leva poucos ingredientes, você não precisa sujar muita louça e não deixa de ser um prato com bastante sabor. Vamos aos fatos:

Ingredientes

  • 800g de lombo de salmão
  • 1/2 cebola
  • 1 xícara de farinha de trigo de farinha de trigo
  • 1 limão siciliano
  • 2 colheres de azeite
  • 2 colheres de mostarda dijón
  • Sal e pimenta à gosto
  • 100ml de creme de leite fresco
  • 50g de manteiga
A farinha dá um toque bacana na textura e crocância com uma fina "casquinha"
A farinha dá um toque bacana na textura e crocância com uma fina “crostinha”

Você pode fazer o salmão em dois pedaços de 400g ou em quatro de 200. Eu resolvi cortar em quatro pra que eu pudesse trabalhar melhor o empratamento e conseguisse um ponto mais interessante na hora de fritar, mas nada impede de fazer em dois.

Tempere o salmão com sal, pimenta e o suco do limão siciliano. Deixe uns 10 minutos marinando (importante não deixar muito tempo pois o limão cozinha a carne).

Fritando o salmão
Fritando o salmão

Retire o excesso de limão do peixe com papel toalha, passe na farinha de trigo e frite todos os lados dos pedaços do salmão com a frigideira bem quente um pouco de azeite. A farinha vai criar uma “crostinha” interessante.

Para o molho, você vai refogar a cebola bem picada na manteiga, acrescentar a mostarda dijón e o creme de leite. Deixe cozinhar um pouco. Eu acrescentei umas duas colheres de farinha de trigo  que sobrou pra que ele ficasse mais consitente e cremoso, fica a dica.

Voilá!
Voilá!

Sirva o peixe com o molho por cima e um acompanhamento de sua preferência, nesta foto você está vendo o Risotto de Alho Poró feito pela Sara.