Arquivo da tag: leite

Um delicioso desjejum café n’O Padeiro de Sevilha

Acredite ou não, shame on me, mas ainda não conhecia O Padeiro de Sevilha. Não foi por falta de vontade. Mas se há uma zona neutra pra mim é o centro da cidade. Quem é de fora talvez ache isso o cúmulo, mas o cúmulo mesmo é o centro da cidade ter poucas condições de estacionamento, ser cravado de morros que impedem que se suba e desça no verão sem chegar nos lugares encharcado de suor e, claro, ter muito poucas opções que valham a pena e que abram durante o dia.

De uns tempos pra cá O Padeiro de Sevilha ganhou um estacionamento ao lado e fui descobrir isso justo hoje quando visitei um edifício próximo, com estacionamento próprio, e após fazer exames médicos precisar urgentemente de um desjejum digno de um bárbaro.

padeiro-sevilha-mesa

Aliás O Padeiro de Sevilha é um lugar daqueles que você dificilmente vai com poucas expectativas, por tudo o que falam dele, e mais difícil ainda se frustra. O atendimento é muito bom, a comida é das melhores dessa área e a casa é muito aconchegante. Mesmo com o conceito de mesa única (uma grande gigante com cadeiras em sua volta onde todos compartilham do mesmo espaço, apesar de bem espaçosa), o que desagrada alguns, é muito aconchegante e o ambiente muito bonito. Há jornais do dia dispostos na mesa e você pode tomar o seu café se informando do que está acontecendo por aí.

padeiro-sevilha-estante-vidro-cookies

Logo na entrada existem estantes com gavetas de vidro onde estão os doces e salgados pra você escolher e se servir. Não há necessidade de alguém pra colocar os salgados no seu prato, apenas na chegada da mesa é que vem alguém pra marcar o que você está consumindo e pegar o pedido das bebidas.

Há a possibilidade também de você querer um sanduíche fresquinho feito na hora, com os mais variados tipos de pão e recheios à disposição do seu paladar.

padeiro-sevilha-cardapio-cafe

Outra grande sacada da casa é o que muitos cafés poderiam, e na opinião deste humilde blogueiro, deveriam copiar e implantar em seus estabelecimentos: um guia ilustrativo com os mais variados tipos de café a disposição, feitos na hora pelos baristas. Nem todo mundo sabe a diferença entre um café passado, um curto, um espresso, cortado etc.

padeiro-sevilha-saltenha-pao-queijo

Nesta visita eu comi apenas os salgados da casa, como os pães de queijo que te prendem a atenção pela maciez que já é visível através dos vidros e uma saltenha saborosíssima de frango.

padeiro-sevilha-cafe

Escolhi um café com leite pra acompanhar estes deliciosos salgados, e como todo bom gordo, atraído pelo cheiro do pão fresquinho que ficava pronto num forno disposto de frente pra mesa pra quem lá toma seu café possa acompanhar sua preparação, resolvi comer mais um pouco.

padeiro-sevilha-pao-forno

Me chamou a atenção a qualidade das massas, dos pães… São pães de verdade, massas crocantes por fora e macias por dentro, como qualquer discípulo de Ratatouille pode comprovar. Há menos produtos químicos e muito mais qualidade nos produtos preparados ali, o que faz você ter vontade de voltar mais vezes.

padeiro-sevilha-sanduiche-calabresa

Espero voltar em outra oportunidade pra experimentar também os doces, que só pela aparência devem ser deliciosos. Talvez na nova loja inaugurada no Passeio Pedra Branca. Bora lá?

O Padeiro de Sevilha

  • Endereço: Rua Esteves Jr., 214. Centro. Florianópolis.
  • Telefone: (48) 3025-3402
  • Horário: De segunda à sexta-feira, das 6h50 às 20h30. Sábado das 7h às 14h.
  • Aceita cartões: sim
  • Estacionamento: sim (pago)

Torta de Legumes de Liquidificador

Quem gosta de assar uma boa costela não pode ser muito contra receitas demoradas. Mas eu tenho uma certa preferência por receitas rápidas quando na cozinha. Posso passar horas na frente de um fogo defumando ausências e presenças, matutando ressábios e vendo um cerne de alguma madeira queimando. Mas na cozinha eu sou meio impaciente, eu confesso.

Torta de Legumes de Liquidificador

As tortas de liquidificador são assim. Rápidas, rasteiras, simples, ingredientes que geralmente temos em casa etc. E a base da torta é meio que universal, você pode pegar ingredientes frescos, produzí-los ou mesmo aproveitar sobras. É tipo arroz de forno. A que vamos citar aqui e que eu fiz hoje é de legumes e queijo.

Ingredientes

Massa

  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 3 ovos
  • 1/2 xícara de óleo (soja)
  • 250g de queijo parmesão ralado
  • 1 colher das de sopa de fermento
  • 1 xícara de Leite

Recheio

  • 1 cebola picada
  • 1 tomate picado
  • 1 lata de milho verde
  • 2 cenouras raladas
  • 250g de vagens picadas
  • Azeitonas picadas a gosto
  • 300g de queijo mussarela
Legumes e a cor bonita na torta

Modo de preparo

  • Deixe o forno aquecendo em fogo médio.
  • Junte todos os legumes picados, adicione a azeitona, um pouco de azeite de oliva e tempere com sal. Dê uma mexida pra pegar bem o tempero. Reserve.
  • Ponha no liquidificador todos os ingredientes citados na massa, MENOS o leite. Comece a bater no liquidificador e vá adicionando o leite aos poucos até adquirir uma textura pastosa, de massa (duh!).
  • Pegue uma forma de bolo/torta pequena/média, unte com óleo e despeje 2/3 da massa. Coloque o recheio já misturado e ajeite com uma colher. Coloque o resto da massa cobrindo o recheio, ajeite novamente pra ficar coberto.
  • Ponha para assar. Tempo médio: 30 minutos.
Dê-lhe fogo!

Deixe esfriar e agora é só servir!

Vai um pedacinho aí?

Com a mesma base mas alterando o recheio, já vi se fazerem tortas como esta com restos de frango, carne moída e salsicha. A de salsicha, inclusive, é a de minha preferência. Esta de legumes eu fiz pra parecer que eu sou civilizado e me cuido um pouco. 😉