Arquivo da tag: merluza

Botequim du Cais: Empanadas criollas na Costa Esmeralda

Já havia comido em Bombinhas. Os restaurantes que escolhi não eram bons, acabei ficando com uma má impressão do lugar. Mas como a sina do blogueiro de gastronomia é uma atitude de perseverança atrás da outra, neste domingo resolvi aportar novamente na Costa Esmeralda pra conhecer outro pedaço deste pequeno paraíso escondido no litoral norte de Santa Catarina: Porto Belo.

botequim-du-cais-mesas

Dessa vez não fui com uma mão na frente e outra atrás, pesquisei bastante antes de escolher um lugar pra comer. Resolvi seguir a dica da minha “colega de profissão” Daniele Bruxel. Além de morar na região conhece os restaurantes de lá como a palma da sua mão, afinal defende a gastronomia local como food hunter dos Destemperados.

botequim-du-cais-portobelo

E eu não poderia ter feito coisa melhor. Primeiro porque o lugar é muito simpático. Num prédio muito bonito, de frente para o píer de Porto Belo, com uma linda praia de mar que exala beleza mesmo em dias nublados com o sol aparecendo de vez em quando e comida muito boa.

botequim-du-cais-interno

O cardápio do Botequim du Cais é bastante completo, mas não é puro “embromation”. Várias opções que atendem todos os tipos de paladares. Os proprietários são argentinos então é comum ver ingredientes locais com uma forte tendência castelhana no restaurante.

botequim-du-cais-empanadas

Uma boa prova disso é que os pastéis são substituídos pelas empanadas criollas, comida típica argentina trazida pelos espanhóis. E foi por elas que comecei a experimentar o cardápio. Na mesa comemos as de Camarão (que vai queijo catupiry junto), Carne Picante, Cebola e Queijo e Calabresa. A de camarão, que foi a que comi, era muito bem servida. Recheio em cada canto do quitute, nada de mixaria quando o assunto era recheio.

botequim-du-cais-empanadas-recheio

Poderia ficar meia hora falando dessas empanadas, do quanto o sabor delas é incrível, da quantidade de recheio, do tempero, do molho picante que acompanhava todas elas… mas acho que as fotos falam por si.

Mas era preciso comer algo com mais sustância, precisava passar mais tempo naquele lugar calmo (fora da temporada) e queria ficar vendo aquele marzão lindo por infinitas horas. Então fomos ao prato principal.

botequim-du-cais-peixe-queijo-azul

Eu e a Aline comemos Peixe ao Queijo Azul, um prato principal que serve duas pessoas. O prato consiste em filé de peixe (linguado) grelhado e coberto com um delicioso molho branco com queijo gorgonzola. Acompanhava arroz, salada mista e batatas fritas, bem servidas, como guarnição.

botequim-du-cais-peixe-milanesa

Já o Everton e a Samantha comeram o Peixe à Milanesa, desta vez era uma merluza. Os acompanhamentos eram os mesmos.

Os pratos não são gigantescos como estamos acostumados em alguns restaurante, mas são suficientes pra saciar estômagos mais vorazes. É recomendável começar com uma entrada, e as empanadas criollas são as recomendadas. De qualquer modo os pratos são muito baratos (levando em consideração o preço que pagamos em Florianópolis) e têm mais sofisticação e cuidado no preparo que muitos restaurantes daqui. Pra vocês terem uma idéia, o Peixe ao Queijo Azul custou módicos R$60 (e serviu duas pessoas, como já disse). O à milanesa R$45.

Não encaramos as sobremesas porque já estávamos satisfeitíssimos, mas desde o Petit Gateu até outras sobremesas que aparentam ser deliciosas, várias opções delas aparecem no cardápio, também a preços bastante interessantes.

O almoço custou em média R$85 por casal.

Obrigado pela dica, Daniele! Voltarei mais vezes!

Botequim DU Cais

  • Endereço: Rua Manoel Felipe da Silva, 18.
  • Telefone: (47) 3369-5782
  • Horário: abre de quinta à domingo, das 11h às 0h.
  • Aceita cartões: sim
  • Wifi: sim