Arquivo da tag: saudável

O almoço caseiro e saudável da Aninha Comas

Duas semanas e meia de amor com a gastronomia de Porto Alegre. Costumo publicar os reviews com a mesma ordem cronológica que visito os lugares, então isso quer dizer que que ainda tenha mais um ou dois reviews por fazer na minha última e mais demorada visita à capital gaúcha, mas antes mesmo de terminar este período já posso dizer que sentirei muitas saudades. Não que eu não sinta falta da comida da minha querida Florianópolis, mas por ser considerada uma metrópole Porto Alegre oferece uma quantidade muito maior de estabelecimentos, cozinhas e estilos e você não precisa sair do seu orçamento para comer bem.

Restaurante Aninha Comas
Restaurante Aninha Comas

Profissional de gastronomia desde a década de 70, onde além de cozinheira publicou livros na área e apresentou programas de culinária na TV, Aninha Comas está comemorando 30 anos com sua loja de comidas congeladas e um restaurante localizado no bairro Moinhos de Vento. E eu estive nesta última sexta-feira neste lugar maravilhoso para experimentar o que ouvia falar: a experiência foi ótima.

O Moinhos de Vento, pra quem não conhece um pouco de Porto Alegre, é um bairro nobre e nele estão os hotéis mais caros, restaurantes mais chiques e serviços mais exclusivos possíveis. O Restaurante Aninha Comas é tudo isso, menos caro. É exclusivo sem ser caro, é requintado sem ser esnobe. E é barato.

Buffet de Saladas
Buffet de Saladas

Um almoço lá tem basicamente 4 etapas. Começa com um buffet de saladas bem variado e bonito, com algumas opções de molhos a disposição. São legumes, folhas, raízes e grãos muito bem selecionados, higienizados e apresentados com muito cuidado que faz o mais carnívoro sentir vontade de ter seu dia vegetariano.

Salada do Aninha Comas: vontade de ser vegetariano
Salada do Aninha Comas: vontade de ser vegetariano

Enquanto isso você escolhe uma das entradas que no inverno pode ser uma sopa ou uma fatia de quiche de queijo e presunto ou legumes. No almoço também está incluso o suco (uva e abacaxi, neste dia) e água, que podem ser servidos também à vontade.

Entrada: Quiche de Presunto e Queijo
Entrada: Quiche de Presunto e Queijo

Eu escolhi a quiche de presunto e queijo. Massa bem leve como deve ser e muito saborosa.

Filé de peixe à milanesa, arroz e purê de batatas
Filé de peixe à milanesa, arroz e purê de batatas

A cada dia duas sugestões de pratos principais. Nesta sexta, as opções eram Filé de peixe à milanesa com arroz e purê de batatas ou Escondidinho de carne seca com arroz e couve. Os pratos são muito bem servidos, você não vai passar fome, e são muito bem preparados. Sabe aquele arroz de vó, bem temperadinho? Então, é aí que eu me refiro.

Escondidinho de Carne Seca, arroz e couve
Escondidinho de Carne Seca, arroz e couve

Experimentei também o Escondidinho de Carne Seca e também estava uma delícia, feito com purê de mandioquinha, como manda o figurino!

Sobremesa: Tortinha de bolacha
Sobremesa: Tortinha de bolacha

Para fechar bem o almoço, uma gama de sobremesas. Escolhi a tortinha de bolacha, com direito a muito doce de leite de excelente qualidade.

O ambiente é muito agradável. Mesas e cadeiras confortáveis, decorado com muita simplicidade. Você se sente em casa e as vidraças abertas encanando uma brisa da Marquês do Herval, uma rua muito bem arborizada, te deixam muito a vontade enquanto você almoça.

Ambiente lindo e confortável
Ambiente lindo e confortável

Além da visita neste restaurante, recomendo que você chegue cedo se possível. A clientela parece ser bastante fiel ao restaurante, visto que a maioria dos clientes é chamada pelo nome, e a pequena e aconchegante casa enche rápido. O que na verdade nem notei acontecer, apesar de ter sido um dos primeiros a chegar, visto que existem ambientes separados então você não percebe o movimento nem ouve muito barulho (ponto para quem planejou o ambiente!).

Os funcionários do restaurante são bastante simpáticos e trazem todos os pedidos de forma correta, com agilidade e cortesia. O serviço é bastante rápido. O preço também é bastante atrativo: a entrada, o buffet livre de saladas, o suco, prato principal e sobremesa custam módicos R$21, pacote completo.

Junto com o restaurante funciona a venda de comidas congeladas. Você pode levar pratos separados ou encomendar um programa diário de refeições para aquecer e comer em casa. Eles possuem tele-entrega. No local há folders com informações sobre as refeições e os pacotes.

Preciso dizer mesmo que recomendo a visita?

Restaurante Aninha Comas

  • Endereço: Rua Marquês do Herval, 491. Moinhos de Vento, Porto Alegre
  • Telefone: (51) 3346-4030
  • Horário: De segunda à sexta-feira, das 8h30 às 19h. Sábado das 9h às 14h.
  • Aceita cartões: sim

 

5 alimentos mais saudáveis pra curtir uma fossa

Não só a TPM, que causa um turbilhão de descompensações hormonais na mulher causando efeitos colaterais fortíssimos em seu organismo, mas também a tristeza de uma simples fossa é um grande indício de que o seu organismo está precisando de um pouco de serotonina. Serotonina é um neurotransmissor que cuida, dentre outras funções, o seu humor.

Quem nunca avançou num pote de sorvete quando teve um trauma emocional que atire a primeira pedra de açúcar.
Quem nunca avançou num pote de sorvete quando teve um trauma emocional que atire a primeira pedra de açúcar.

O açúcar tem a incrível capacidade de aumentar os níveis não só de serotonina, como também de dopamina, outro neurotransmissor. Então além do bom humor da primeira, temos prazer e motivação da segunda. E é por essas e outras que quando estamos tristes ou deprimidos nós recorremos a massas e doces. Os doces porque de forma mais rápida conseguimos aquilo que queremos, e as massas (como pão branco, macarrão etc) que no nosso organismo levam apenas alguns minutos pra virarem açúcares. A depressão, por exemplo, está fortemente ligada a deficiência de serotonina (5HT) e medicamentos pra alterações de humor como a fluxoetina agem diretamente nela.

Mas assim como a cocaína, LSD, cigarro e tantas outras drogas que utilizamos para obter prazer e compensar algumas faltas psicológicas, o açúcar também vicia. Com a vantagem que não de forma química, mas psicologicamente também vicia.

Você sente aquela vontade tremenda de comer doce após as refeições? Não passa um dia sem comer um bolinho, biscoito, chocolates depois do almoço? Você pode ser um viciado em açúcar. O problema do açúcar é que além de ele não ter valor nutricional nenhum – eu disse NENHUM, ele pode desencadear dentre outras mazelas a grande vilã diabetes e só quem a tem sabe do que precisamos fugir de fato.

Mas como conseguimos compensar os níveis de serotonina utilizando alimentos mais saudáveis?

1. Comece trocando o açúcar refinado pelo mascavo

O açúcar mascavo pode ser uma alternativa inicial, não pra se livrar do vício do açúcar, mas pra diminuir drasticamente o número de calorias e/ou começar a, pelo menos, ingerir mais nutrientes e aproveitá-lo melhor, caso você não consiga viver sem um adoçante. Isso porque apesar o número de calorias ser pouco menor que o refinado, o mascavo contém mais nutrientes como cálcio, magnésio, fósforo, potássio e vitaminas B1, B2 e B6.

2. Grão-de-bico

Estudos indicam que o Grão-de-bico, uma leguminosa, é equivalente ao chocolate no efeito da reposição de serotonina ao seu cérebro. Além de ser uma excelente fonte de vitaminas, proteínas e sais minerais.

3. Frutas secas

Essas possuem também uma quantidade grande de tripofano, o aminoácido que tem capacidade de ativar a produção de serotonina, e também são muito saudáveis agregando valores nutricionais no consumo. Além disso, são naturais e não têm conservantes no seu desenvolvimento.

4. Vinho tinto

Se você não abre mão de tomar uns tragos quando está passando por uma fossa, prefira o vinho tinto. Isso porque além de menos açúcar e os benefícios já conhecidos com vinho como ser a bebida de longevidade agindo como um retardador do envelhecimento celular, os benefícios ligados ao coração e os efeitos bactericida da bebida, ele também é rico no tal do tripofano.

5. Prefira as carnes brancas

Carnes brancas são mais ricas em tripofano que as vermelhas, além do fato de a segunda categoria possuir mais fibras dificultando no processo digestivo dessa substância.

Aí você está perguntando: “como um cara que se diz churrasqueiro, adora carne vermelha e não faz questão de levar uma vida saudável quer que eu mude os meus hábitos alimentares e curta minha fossa diferentemente do que ele faz?

Te respondo: “chê, te fecha! se tu levou um galho o problema não é meu, eu só estou tentando ajudar. Se tu não quer, clica ali no xis“.

IMPORTANTE: alimentação saudável não é medicação nem este post serve como diagnóstico de NADA. Se você está com alguma doença ou tem sintomas que estão atrapalhando o teu dia-a-dia, procure um médico especialista e resolva isso com ele.