Tainha, instituição mané: Tainha à moda grega

A Tainha é um peixe cuja família, os mugilídeos, já é conhecida e usada há muito tempo. Desde o Império Romano a tainha é usada na dieta mediterrânea-européia. Aliás, o nome Tainha foi dado pelos gregos que no seu lindo idioma quer dizer “Boa para frigir”. Quando comecei a pesquisar sobre a Tainha pra fazer esta série aqui no blog e li sobre a herança mediterrânea deste saboroso peixe, na hora pensei: preciso falar com a Spiri e o Aurélio.

A Chef Spiri e o Aurélio Baptista, que dispensam apresentações pra quem já está no ramo da gastronomia e acompanha o blog há mais tempo, conduzem juntos o Ilhas Gregas Restaurante, um dos melhores restaurantes de culinária grega destas paragens, um dos melhores restaurantes que já visitei até hoje. Spiri é grega, Aurélio é florianopolitano, e esse casamento que hoje é coroado pela gastronomia tinha que participar da nossa série. Com vocês, um peixe mané, com uma receita à moda grega!

Tainha à moda grega

tainha-ilhasgregas-pronta

Ingredientes

  • 1 filé de tainha
  • 8 colheres de sopa de azeite de oliva (de preferência de origem grega)
  • 1 colher de sopa de suco de limão
  • 1 colher de café orégano (de preferência de origem grega)

Como fazer

Temperar o filé com sal e assar no forno, a 200 graus, por, aproximadamente, 30 minutos.

Molho: Bater o azeite de oliva com um fouet ou garfo, adicionando aos poucos o suco de limão até ficar ficar um pouco esbranquiçado. Por último adicionar o orégano.

Retirar o filé de tainha do forno, ajeitar em uma travessa e regar com o molho.

Enfeitar com rodelas de limão e casca de tomate.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *