Zena Caffè, os sabores da ligúria nos Jardins de São Paulo

Que eu sou um compartilhador de fotos de comida não é segredo pra ninguém. Mas muita gente acha que por compartilhar as fotos do que eu como, sobra pouco tempo pra desejar a comida alheia. Isso é um equívoco. As vezes estou em um restaurante comendo algo muito bom e dando uma “folheada” no Instagram e pensando “como eu queria estar comendo este prato”. Isso ocorre na vida offline também quando comemos algo que estava ali porque era mais rápido mas pensamos que “não era bem isso que eu queria comer”.

Várias vezes isso me ocorreu olhando o Twitter e o Instagram do Carlos Bertolazzi, chef paulista e especializado na cozinha italiana que conheci ano passado através do programa Homens Gourmet no canal Bem Simples. Já até cheguei a sonhar com a focaccia que vez por outra alguém compartilhava nas redes sociais, e que é uma das especialidades do Zena Caffè, um dos restaurantes assinados pelo Bertolazzi.

zena-caffe-entrada

Como ia estar pelos Jardins — e mesmo se não estivesse — coloquei o Zena no meu roteiro da viagem que fiz à capital paulista nas últimas semanas e num domingo por volta das 16h estive no restaurante conhecendo não só a gastronomia como a simpatia e gentileza do próprio chef, que nos deu a honra de sugerir pratos e apresentar todas as delícias que só a Ligúria pode oferecer.

E aqui o primeiro detalhe que me impressionou: desde a abertura da casa até o adentrar da madrugada o restaurante funciona com o mesmo cardápio, você pode almoçar no horário convencional, usá-lo como brunch e até mesmo jantar. Não tem hora pra chegar e a comida é sempre preparada e servida naquele momento.

zena-caffe-entrada2

O Zena Caffè é lindo. Seja no salão interno ou no jardim externo com mesas ao ar livre e muito bem arborizado, me senti muito confortável e à vontade. Fazia um fim de semana lindo na maior capital das américas e almoçar às 4 da tarde numa mesa na área externa foi muito agradável.

zena-caffe-bebidas

Enquanto aguardávamos uma mesa pedimos drinks. Tomamos o Aperol Spritz (Aperol, Prosecco e água com gás, R$18) e também Caipirinha de Cajú com geléia de Pimenta (R$21). O Aperol Spritz é pra quem tem paladar mais pro amargo, mas muito bom, e a caipirinha é uma das melhores que já tomei.

Devidamente acomodados, fomos às comidas! Achando que as entradas eram pequenas, pedi duas. Em absoluto que isto foi um problema, sabe-se lá quando voltarei novamente à cidade, experimentar era preciso.

zena-caffe-ancini-bolinho-cogumelos

De entrada pedi um Arancini di riso con funghi (R$19), bolinhos de arroz com mix de cogumelos e queijo. Me apaixonei ali mesmo na primeira entrada pelo sabor da comida do lugar, que delícia! Bolinho macio por dentro e crocante por fora, acompanhado de um molho muito saboroso e que rendeu muitos “hummm” de quem comia. Isso que eu ainda nem havia pedido a…

zena-caffe-foccacia-al-fomaggio

Focaccia! Ou mais precisamente a Foccacia della casa “al fomaggio” (R$29), uma massa crocante e fininha recheada com queijo stracchino. Vocês não têm noção de quanto esta foccacia é deliciosa. O queijo vem bem derretido sem soltar muita gordura e combina deliciosamente com a massa crocante.

zena-caffe-gnocchi-milanesa

As entradas foram muito bem servidas, tive que esperar um pouco pra escolher o prato. Seguindo as sugestões do Cobra que acompanhava minha visita pelo Twitter e do próprio Bertolazzi que ofereceu um mix dos dois pratos sugeridos, decidi ir no Gnocchi Zena (nhoque com molho de tomates frescos, manjericão e fonduta de stracchino, R$45) e no Filetto alla milanese (milanesa de filé com farinha caseira, R$46). Detalhe para o garçom que vem na mesa ralar mais um pouco de queijo parmesão fresco pra acompanhar o nhoque.

Os dois pratos, que são separados e servem duas pessoas mas que foram combinados, estavam muito saborosos. O nhoque dispensa apresentações, a foto fala por si. O filé a milanesa bem macio e com sabor muito especial, empanado e crocante, chegou bem quentinho na mesa.

zena-caffe-panna-cotta

Eu já estava em vias de ir rolando Av. Paulista acima até chegarmos no flat, mas pedir a sobremesa era preciso. Escolhi a mais leve de todas pra evitar explodir com tanta comida. Fomos na Panna cotta (delicado flan de creme de leite com calda de frutas vermelhas e cumaru, R$18).

O atendimento foi perfeito do início ao fim do serviço. Desde a recepção, a solicitação de uma mesa, a explicação das bebidas e pratos e em tudo o que precisamos fomos prontamente atendidos. Sei que escolhi dois restaurantes já conceituados pra visitar e escrever aqui no blog, mas o padrão de atendimento em São Paulo parece-me muito mais apurado e eficiente, e isso me encheu muito os olhos. No Zena não foi diferente.

Recomendo demais a visita ao Zena Caffè. Passando por São Paulo não deixe de provar as delícias do norte italiano!

Zena Caffè

  • Endereço: Rua Peixoto Gomide, 1901. Jardins, São Paulo.
  • Telefone: (11) 3081-2158
  • Horário: De segunda à quarta, das 12h à 0h. Quinta à sábado, das 12h à 1h. Domingo das 12h à 0h.
  • Aceita cartões: sim
  • Wifi: sim
  • Estacionamento: Sim (manobristas)

Uma ideia sobre “Zena Caffè, os sabores da ligúria nos Jardins de São Paulo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *